LatamCan reuniu o setor de embalagens metálicas da América Latina

Entre os dias 11 e 13 de maio, a região de Atibaia (SP) foi sede do evento internacional que reuniu mais de 500 pessoas, entre fabricantes e fornecedores de embalagens metálicas.

Vale destacar que os metais aço e alumínio são considerados materiais permanentes que não se degradam na reciclagem e sua sucata tem valor comercial. Essa condição das embalagens metálicas favorece a proteção ao meio ambiente.

A edição anterior da LatamCan – maior evento do setor de embalagens metálicas da América Latina – foi realizada em 2021, na Cidade do México, período de restrições durante a pandemia. Agora, na edição 2022, as principais empresas internacionais do setor marcaram presença.

As entidades parceiras do SINIEM, que representam os fabricantes de latas de aço e de latas de alumínio, participaram ativamente da programação do congresso.

Na abertura do evento, Cátilo Cândido, presidente executivo da Abralatas – associação que representa os fabricantes de latas de alumínio do Brasil – apresentou o panorama do mercado de latas no Brasil e mostrou aos participantes o porquê de a latinha ser a embalagem mais sustentável e a favorita dos brasileiros.

A Associação Brasileira de Embalagem de aço (ABEAÇO) participou e apoiou o evento LATAMCAN. Thais Fagury, presidente executiva da associação, participou com a palestra de abertura no salão 3 peças sobre ” Política de resíduos sólidos e as oportunidades para o mercado de latas de aço”. Também participou do fórum 3 peças, liderado por Antonio Galhardo da ACTEGA, com o tema ” O futuro dos revestimentos para embalagens metálicas”.

Ao final do evento, durante a cerimônia de homenagens, Thais Fagury recebeu a placa de homenagem em nome do deputado federal Arnaldo Jardim que é uma das principais referências parlamentares que trata da pauta socioambiental no Brasil. Parabéns à LATAMCAN por mais um congresso de sucesso.