Copom reduz a Selic em meio ponto percentual. Há espaço para novo corte este ano, diz Skaf

O Copom definiu a nova taxa Selic em 5%

O Copom definiu a nova taxa Selic em 5%, um corte de 0,5 ponto percentual com relação ao patamar anterior.

A retomada econômica lenta, a alta ociosidade e a inflação projetada em quase um ponto percentual abaixo da meta não deixam dúvida de que essa nova redução é uma medida acertada.

Corte da Selic é passo na direção certa. Ainda teremos uma nova reunião do Copom em dezembro e há espaço para um novo corte, para que a taxa feche 2019 em 4,5%.

Após mais de um ano com a Selic no menor patamar histórico, iniciamos um novo processo de queda dos juros e, ainda assim, as taxas ao tomador final seguem altíssimas, como spread bancário tendo, inclusive, aumentado recentemente. É preciso atuar paralelamente em uma agenda de estímulo à competição bancária e diminuição dos spreads para aumentar o efeito da redução da Selic na retomada econômica e na geração de empregos.

Paulo Skaf, Presidente da Fiesp e do Ciesp