Proger Urbano – Capital de Giro

Atendendo solicitação da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), houve ampliação de recursos de R$ 1 bilhão para R$ 5 bilhões e a prorrogação de parcelas do Proger Urbano Capital de Giro pelo Banco do Brasil, única instituição a operar essa linha até o momento.

Em comunicado de 17/06, o presidente Paulo Skaf, informou o início de operação dessa linha e que continuaria buscando ampliação desses recursos e em melhores condições. “Vamos manter o pleito de redução de custos, a exemplo do que temos feito para todas as linhas disponibilizadas neste período.”

A linha Proger Urbano Capital de Giro atende empresas com faturamento anual de até R$ 10 milhões, financia até R$ 500 mil por empresa e tem um prazo de até 48 meses, com até 12 meses de carência.

No caso de prorrogação de parcelas, é possível até 30/09 prorrogar duas parcelas vencidas e/ou a vencer, de capital e juros, inclusive a parcela exigida do mês na data da solicitação. Os valores prorrogados são redistribuídos nas parcelas restantes da operação. Confira com o agente financeiro as condições para adesão a esta prorrogação.

No site www.fiesp.com.br/coronavirus a Fiesp mantém a Central de Crédito, um FAQ sobre essa linha.