Kellogg’s anuncia divisão em três empresas independentes

Em nota, companhia disse que a separação tem como objetivo melhorar o direcionamento de recursos para prioridades estratégicas de cada setor

A fabricante de cereais matinais Kellogg’s, dos Estados Unidos, anunciou, nesta terça-feira, 21, que planeja se dividir em três empresas de capital aberto. Os três negócios separados consistiriam em um que engloba o negócio de lanches da Kellogg’s, outro ligado ao negócio autônomo de cereais e uma terceira empresa com o ramo de alimentos à base de plantas.

A Kellogg’s disse que seu conselho aprovou o plano e que o presidente executivo, Steve Cahillane, acredita que a medida permitiria que cada empresa direcionasse recursos para suas respectivas oportunidades. Segundo ele, as separações propostas criam maior foco estratégico, operacional e financeiro para cada empresa e suas partes interessadas, e se basearão no momento atual da Kellogg’s.

A companhia, que já expandia os seus negócios através de parcerias e aquisições, agora se dividirá nas empresas Global Snacking Co., América do Norte Cereal Co. e Plant Co.

Em nota, a companhia disse que seu processo de expansão resultou no crescimento do portfólio da Kellogg, evoluindo a marca em um negócio global de lanches em escala e presença significativa nos mercados emergentes, complementado por sua linha de cereais e alimentos à base de plantas. O resultado dessas ações estratégicas melhorou o crescimento nos últimos anos, com impulso sustentado até 2022.

A Kellogg tem crescido a MorningStar Farms de forma constante desde a sua aquisição há mais de 20 anos, e a marca agora tem a maior participação e penetração doméstica na categoria vegetariana/vegan congelada.

Fonte