A pipoca pode ser um lanche mais saudável do que você imaginava

Por trazer saciedade e não precisar de frituras, pipoca é ótima opção de lanches noturnos

No quesito lanches noturnos, a pipoca é imbatível. Ela é uma “refeição” ideal porque dá mais saciedade do que outros lanches e porque não depende de fritura para ter um bom sabor. Ela também pode ser preparada em minutos, sem nenhum

aparelho especial (além de uma panela ou um microondas), e é possível temperá-la da maneira como quiser.

A “noite da pipoca” também não precisa ser uma ocasião especial. Embora seja uma ótima ideia combiná-la com uma sessão de filme, não existe nenhuma lei que nos proíba até de jantar pipoca quando quisermos.

A pipoca é um grão não processado: De fato, é a combinação do amido no interior com a camada externa fibrosa que faz a pipoca estourar. Rica em fibras, ela ainda contém uma quantidade relevante de polifenóis, que ajudam a reduzir o nível de açúcar no sangue e auxiliam na digestão.

“A pipoca é um lanche que traz saciedade devido ao volume que ocupa no estômago, o que evita que comamos demais”, afirma o nutricionista Julien Chamoun, do RD Nutrition Counseling, em Nova Jersey. Foi demonstrado que a pipoca pode provocar mais saciedade do que chips de batata.

“Embora a pipoca seja um excelente lanche, quando é adicionado óleo no preparo, pode ser que as calorias e gorduras dupliquem”, diz Chamoun. Ele recomenda as pipoqueiras elétricas como melhor método para limitar a quantidade de óleo usado no preparo. Mas, caso não queira gastar dinheiro no aparelho, basta colocar pouco óleo na panela. Veja como.

Como fazer pipoca simples na panela

Para fazer 16 xícaras de pipoca (cerca de quatro porções), é necessária meia xícara de grãos de milho e duas colheres de sopa de óleo de cozinha — como o de canola ou outros óleos vegetais.

Despeje o óleo em uma panela grande. Adicione dois ou três grãos à panela, tampe-a e coloque sobre fogo médio até ouvir os grãos estourarem.

Quando isso acontecer, retire a panela do fogo, acrescente os grãos restantes e tampe a panela. Espere 30 segundos e coloque-a sobre o fogo novamente, chacoalhando-a, até que a frequência dos estouros diminua.

Remova a tampa com cuidado, deixando sair o vapor, e então transfira a pipoca para uma tigela, para temperá-la.

Crie sabores com temperos saudáveis

Quando se trata de temperar a pipoca, as opções são tão variadas quanto os seus gostos. Seja doce ou salgada, você pode personalizar sua tigela de pipoca de acordo com as preferências das suas papilas gustativas.

Use um pouco de manteiga derretida, óleo de coco ou óleo de oliva para que o tempero tenha onde grudar.

Fonte: CNN – BRASIL