Organização da Movinter faz balanço da edição de 2019 e anuncia data da próxima feira

Mais de 4600 pessoas passaram pelo evento

Terminou hoje a 2ª edição da Movinter, realizada nos dias 21, 22 e 23 de maio, no estacionamento coberto do shopping Iguatemi Rio Preto.

Animados com a visitação e a geração de negócios, o Sindicato da Indústria do Mobiliário de Mirassol (SIMM), organizador do evento, anunciou a data da próxima feira: 19, 20 e 21 de maio de 2020.

O evento reuniu 45 expositores de indústrias vindas do Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio de Janeiro e São Paulo, que trouxeram lançamentos de produtos para dormitórios, linha infantil, salas de visita e jantar, colchões, cozinhas, escritórios, home office, lavanderia e complementos.

A expectativa dos organizadores é que a feira movimente aproximadamente

R$ 32 milhões em negócios.  Passaram cerca de 4600 mil visitantes, nos três dias de evento, entre lojistas e profissionais do setor.

Alessandro Pires, da Fabrimóveis e organizador da feira considera essa edição muito boa. “Tivemos uma visitação extremamente qualificada e superamos nossas expectativas de negócios”.

Os expositores estão muito satisfeitos com a feira. Segundo Marcos Bechara, da JB Bechara e organizador da feira, essa edição foi muito melhor que a do ano passado. “Tenho certeza que 2020 será ainda melhor, consolidando a Movinter como uma das melhores feiras a nível nacional!”

Para Maic Caneira, um dos organizadores da Movinter e diretor da Imcal, a visitação foi excelente e qualificada e o evento traz grandes benefícios para a região.  “Tivemos a presença de grandes compradores, os benefícios econômicos para a região são muitos e reforçam a vocação moveleira do nosso polo, projetando uma imagem de sucesso. Um outro diferencial, que acredito que seja o mais importante e valioso no mercado é o contato comercial direto entre comprador e vendedor”, finaliza Maic.

A Movinter é uma feira de negócios e não é aberta ao consumidor final.

O polo de Mirassol representa 54% das empresas do noroeste paulista e emprega aproximadamente 7 mil trabalhadores. Com forte produção em móveis em MDF e em série, as empresas atendem todo o Brasil e países da América do Sul e Estados Unidos, África e Oriente Médio. Temos a convicção de que nossa feira será uma grande vitrine com novidades, aliada a diversidade do móvel nacional com a tecnologia aplicada pela indústria moveleira.