Comandante da Aeronáutica defende fortalecimento da Base Industrial de Defesa

No último dia 04 de maio foi realizada, por meio de videoconferência, Plenária Conjunta SIMDE/DESEG-COMDEFESA-FIESP, com a presença do Comandante da Aeronáutica, Tenente-Brigadeiro Antônio Carlos Moretti Bermudez que fez uma apresentação sobre as diversas ações promovidas pela Aeronáutica no combate ao COVID-19.
Com mais de 120 participantes on-line, o diretor titular do Deseg e diretor-presidente do SIMDE, Carlos Erane Aguiar destacou a mobilização da Base industrial de Defesa na guerra contra a pandemia e afirmou que há algumas lições a tomar em qualquer tipo de crise e desventura e uma delas é a de que não podemos parar. “Nada vai impedir a indústria e nada vai impedir o Brasil”.
Agradecendo a presença do Tenente-Brigadeiro Bermudez, do Ministério da Defesa representado pelo Major-Brigadeiro Alcides Barbacovi, e de diversos oficiais generais das três Forças, Erane de Aguiar discorreu as ações da FAB, que desde o início da pandemia tem se mostrado proativa e muito eficaz em ações que vão desde o resgate de brasileiros pelo mundo, passando pelo transporte de materiais de suporte como máscaras e respiradores, até o treinamento de médicos para o combate à doença. Isso para não falar da sua união com a indústria para fabricar máscaras e outros equipamentos.
Na sequência o comandante da Aeronáutica fez sua intervenção, na qual detalhou as ações já citadas, falou da utilização do KC-390 no transporte de equipamentos de combate à Covid e da utilização de todas suas bases aéreas e meios disponíveis. Ao final, perguntado sobre a importância de se fortalecer a indústria nacional, deixou claro que, em sua opinião, trata-se de medida mais do que necessária e urgente.