Mercado vê ritmo ainda fraco de crescimento no 3º trimestre, mas projeta PIB melhor em 2020

Maioria das estimativas apontam para um crescimento entre 0,4% e 0,5% no 3º trimestre, segundo levantamento do G1. Dados oficiais serão divulgados nesta terça-feira (3).
A economia brasileira manteve a trajetória de recuperação no 3º trimestre, mas em ritmo ainda fraco, com o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) sendo sustentado por um maior consumo das famílias, em meio a um cenário de juros mais baixos, inflação controlada e expansão do volume das operações de crédito. É o que afirmam economistas e analistas ouvidos pelo G1, que também projetam uma aceleração da atividade nesta reta final de ano e em 2020 .
Levantamento do G1 aponta para uma expectativa de alta entre 0,3% e 0,66% do Produto Interno Bruto (PIB) no 3º trimestre, frente aos 3 meses anteriores. Das 14 consultorias e instituições financeiras consultadas, 9 esperam uma alta entre 0,4% e 0,5%. Os dados oficiais serão divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta terça-feira (3).
Para o resultado de 2019, 7 das 14 ainda estimam um avanço abaixo 1%, e outras 7 preveem uma alta de 1% ou 1,1%. Portanto, provavelmente abaixo do desempenho registrado nos 2 anos anteriores. Já para 2012, 12 delas projetam um crescimento de, no mínimo, 2%.
O PIB é a soma de todos os bens e serviços feitos no país, independentemente da nacionalidade de quem os produz, e serve para medir o comportamento da economia brasileira. O resultado oficial do 3º trimestre será divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta terça-feira (3). No 1º trimestre, houve queda de 0,1% e, no 2º trimestre, alta de 0,4%.
Fonte: https://g1.globo.com/economia/