Crédito bancário avança 1,1% em agosto, para R$ 3,32 trilhões, diz Banco Central

O volume total (estoque) do crédito bancário recuou 1,1% em agosto deste ano e atingiu R$ 3,32 trilhões, informou nesta quarta-feira (25) o Banco Central.

De acordo com a instituição, o volume das operações com pessoas físicas subiu 1,1% no mês passado, para R$ 1,911 trilhão, enquanto o saldo de operações com empresas subiu 1% no período – para R$ 1,414 trilhão.

No acumulado de 12 meses até agosto, o crédito total do sistema financeiro registrou crescimento de 5,1%.

Nas operações para as pessoas físicas, sem contar financiamento imobiliários, o destaque de agosto, de acordo com o Banco Central, foi crédito pessoal consignado e o financiamento de veículos.

Para empresas, a instituição informou que as operações de desconto de duplicatas e recebíveis, aquisição de veículos, capital de giro e nas modalidades impactadas pela depreciação cambial, como financiamentos a exportações e repasses externos se destacaram.

No fim de junho, o Banco Central baixou de 7,2% para 6,5% a previsão de crescimento do crédito bancário neste ano.

Em 2018, após dois anos de queda, o crédito bancário voltou a crescer. O volume total (estoque) atingiu R$ 3,26 trilhões, alta de 5,5%.

Fonte: G1