imagem google

Uma marca, hoje, é o que o cliente quer que ela seja, afirma consultor na abertura do Acelera Startup

Fábio Reis, da empresa Flying Fishes, falou sobre os benefícios do “content marketing” para o crescimento de empresas em palestra no Festival de Empreendedorismo da Fiesp e do Senai-SP

Guilherme Abati, Agência Indusnet Fiesp

Fábio Reis, sócio fundador da empresa de marketing de conteúdo Flying Fishes, abriu, na manhã desta quarta-feira (25/09), no Anhembi, São Paulo, o Concurso Acelera Startup, agenda do Festival de Empreendedorismo, evento promovido pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de São Paulo (Senai-SP).

Imagem relacionada a matéria - Id: 1571877611

Fabio Reis da Flying Fishes. Foto:Beto Moussali/Fiesp


Reis, jornalista de formação, conta que “trabalhou 10 anos em televisão e depois largou tudo para investir em sua ideia, que era trabalhar com comunicação na internet”.

“Quando criamos a Flying Fishes, ninguém investia em internet. Era o começo da rede. Ninguém fazia ideia do que era o ‘content marketing’, o marketing voltado para conteúdo”, disse.

Segundo Reis, o foco do “content marketing” é a gestão do conteúdo publicado na internet, utilizando de técnicas de criação e distribuição relevantes para a geração de ações dessa pessoa, “seja um compartilhamento, seja uma compra”.

Reis listou regras para se fazer “content marketing” na web. “[Que] Não seja apenas promocional, crie algo relevante para consumo, que preencha lacunas na vida do público-alvo. Esse conteúdo, lógico, precisa ser bem escrito, relevante para a empresa e – acima de tudo – uma mensagem que seja verdadeira.”

Tudo isso, segundo Reis, são táticas para criar engajamento do público alvo.

“Hoje uma empresa não escolhe estar no mundo digital. Ela estará, quer queira ou não. Afinal, com as redes sociais, a marca é o que o cliente quer”, analisou.

No fim da apresentação, Reis deu dicas para os participantes do Concurso Acelera Startup. “Definam objetivos para mensurar seus primeiros passos. Escolham, depois, o canal mais apropriado para seu conteúdo. Executem suas ideias, criando grades de conteúdo e definindo a linha editorial apropriada. Por fim, mensurem seus resultados através de ferramentas e criem recomendações para manutenção do plano e correção de curso”, finalizou.

O Festemp prossegue com atividades no Anhembi até quinta-feira (26/09).

 >> Conheça a programação do Festemp