imagem google

SindusCon-SP comemora 75 anos com grande festa

Empresários que presidiram o Sindicato desde 1983 estiveram presentes e falaram da importância do setor da construção para o País

Agência Indusnet Fiesp (com informações de SindusCon-SP)

Com a presença de 1.500 pessoas entre empresários e autoridades, o SindusCon-SP encerrou as comemorações de seus 75 anos com uma festa em 30 de novembro, no Terraço Daslu, na Capital.

Todos os empresários que presidiram o SindusCon-SP desde 1983 estiveram presentes e fizeram pronunciamentos sobre a relevância da construção para o desenvolvimento do País: Julio Capobianco, Eduardo Capobianco, Sergio Porto, Artur Quaresma Filho, João Claudio Robusti e o atual, Sergio Watanabe.

O vice-presidente da Fiesp e diretor-titular do Deconcic, José Carlos de Oliveira Lima, representou o presidente da entidade, Paulo Skaf, no evento. E disse que aprendeu muito com Julio Capobianco quando este teve a ideia de criar na Fiesp, na década de 80, o núcleo da construção civil que antecedeu o Deconcic.

João Claudio Robusti, diretor-titular-adjunto do Deconcic e representante do SindusCon-SP junto à Fiesp, convidou os presentes a participar das comemorações do 100º aniversário do SindusCon-SP.

“Será um evento muito importante, com o setor da construção, o mais importante da economia brasileira, que estará entre as três primeiras do mundo, reunindo-se para festejar 25 anos de crescimento ininterrupto. Será um evento em que comemoraremos uma entidade mais forte gerando mais empregos e com cada brasileiro morando em sua casa própria”, destacou Robusti.

Segundo ele, o setor da construção “deixou de ser coadjuvante e se tornou protagonista do desenvolvimento do Brasil, porque somos um setor que coloca mãos à obra, somos ousados, somos brasileiros, porque somos a construção civil de São Paulo e do Brasil”.

Após a abertura solene, houve um show dos Demônios da Garoa e cada convidado recebeu um exemplar do livro comemorativo dos 75 anos da história do sindicato.

Também prestigiaram o evento, o ministro das Cidades, Marcio Fortes, representando o presidente Luiz Inácio Lula da Silva; o presidente da Assembléia Legislativa de São Paulo, Barros Munhoz; o secretário da Habitação do Estado de São Paulo, Lair Krähenbühl, representando o governador Alberto Goldman; o deputado estadual Sidney Beraldo, representando o governador eleito Geraldo Alckmin; o secretário da Habitação do município de São Paulo, Ricardo Pereira Leite, representando o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab; o presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção, Paulo Simão; o presidente do Sintracon, Antonio Ramalho; prefeitos de outros municípios, deputados federais e estaduais, vereadores, além de presidentes das entidades de classe da construção.