imagem google

Sindicatos patronais são premiados por boas práticas pela Fiesp, em parceria com Fiesc, Fiemg e Firjan

As quatro federações cadastraram 213 ações, com 82 sindicatos, que concorreram nas categorias Comunicação, Defesa Setorial e Modernização Sindical

Cristina Carvalho, Agência Indusnet Fiesp

A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), em parceria com a Fiesc, Fiemg e Firjan, realizou, nesta quinta-feira (7/11), a 5ª edição do Prêmio Melhores Práticas Sindicais. O objetivo é contemplar sindicatos patronais filiados às federações nas categorias Comunicação; Produtos e Serviços; Relacionamento com o Associado e Programas de Associativismo; Defesa Setorial; Modernização Sindical.

A premiação contou com a participação de 40 sindicatos, filiados à Fiesp, que se empenharam em cadastrar ações e projetos realizados, totalizando 85 ações. Ao todo, as quatro federações cadastraram 213 ações, com 82 sindicatos. Estas ações foram criteriosamente analisadas em duas fases: a primeira delas pela comissão julgadora escolhida pela Fiesp e a segunda pelos sindicatos patronais.

O tema dos sindicatos vencedores em primeiro lugar, entre as três categorias, foram: universidade corporativa; campanha de implantação da logística reversa para latas de aço e design lab.

Não existe nada mais importante do que a união, enfatizou o presidente da Fiesp, Paulo Skaf: “A união sempre foi importante e hoje ela é indispensável não só para os sindicatos e nossas federações, mas para o país. O Brasil passa por um momento de importantes transições, de reformas, de novos projetos”.

Skaf também tratou dos desafios a serem enfrentados quando o tema é inovação com o advento da indústria 4.0. “Estamos vivendo a era da inteligência artificial, que significa o fim de profissões e de alguns setores. Vamos precisar nos adaptar aos novos tempos. As transformações ocorrem o todo tempo, sem parar”, alertou.

Paulo Henrique Schoueri, diretor titular do Departamento Sindical e de Serviços da Fiesp, argumentou que o objetivo de todo este trabalho “é multiplicar o conhecimento, trocando experiências bem-sucedidas, contribuindo para o fortalecimento e desenvolvimento de nossos sindicatos. Juntos somos mais fortes”.

Na sequência, Roberto de Souza Pinto, vice-presidente da Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg), disse que os projetos apresentados elevam a competitividade da indústria e sustentabilidade dos sindicatos: “Observamos a alta qualidade dos projetos que hoje premiamos. Valorizamos a união e o trabalho conjunto”.

Carlos José Kurtz, diretor institucional e jurídico da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc), enfatizou o momento vivido pelos sindicatos: “Estão precisando se reinventar para representar e prestar serviço aos empresários. Esse é um desafio”.

Já Eduardo Eugênio, presidente da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), frisou que a representação empresarial precisa existir. “Ela precisa ser reforçada para sermos ouvidos pela opinião pública e pelos governantes. Essa parceria histórica entre São Paulo e Rio de Janeiro nos fortalece”.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1573938220

Práticas eficientes de sindicatos patronais recebem reconhecimento. Foto: Everton Amaro/Fiesp

Confira os premiados:

Categorias:

Comunicação; Produtos e Serviços; Relacionamento com o Associado; e Programas de Associativismo

1º Lugar – SINBI, com “Universidade Corporativa”, que busca desenvolver um sistema educativo de qualidade e enfatiza a importância em reconhecer que a universalização e melhoria do ensino são fundamentais para a sociedade.
2º Lugar –SITIVESP, com “Bolsa de Matérias-Primas e Equipamentos”. A empresa recebe periodicamente da entidade um formulário para preenchimento e divulgação de suas matérias-primas excedentes ou máquinas e equipamentos que não são mais utilizados em seu processo produtivo, mas que podem ser úteis para outras empresas do setor.
3º Lugar – SINAEMO, com “Comunidades de RH ativas no WhatsApp. Foi criado um grupo no WhatsApp para que as empresas associadas interajam entre si, visando tratar assuntos administrativos e para que possam solicitar e receber orientação trabalhista/sindical do SINAEMO.

Defesa Setorial

1º Lugar – SINEM, com “Campanha de implantação da Logística Reversa para latas de aço”. Ações visam a integração das respectivas cadeias produtivas, como a indústria de tintas e produtos químicos e a indústria de produtos alimentícios.
2º Lugar – SIPATESP, com “Desenvolvimento sustentável do setor com responsabilidade ambiental”. Mobilização do setor e das empresas associadas à entidade para realização de um Compromisso Voluntário para eliminação de matéria-prima considerada ambientalmente incorreta, presente nos produtos enxaguáveis, em prol da preservação do meio ambiente.
3º Lugar – SICETEL, com “Defesa Setorial contra importações irregulares”. O Sindicato tem procurado formalizar um Convênio com a Receita Federal para atuar junto à mesma como um polo consultivo para dirimir dúvidas em relação às importações e exportação de produtos derivados do aço.

Modernização Sindical

1º Lugar – SIMM, com “Design Lab”.  O laboratório tem a função de prestação de serviços e aplicação de conceitos de Design como ferramenta estratégica de gestão para desenvolver novos produtos e soluções.
2º Lugar –SINDRATAR, com “Hackathon Maker Avacr”. Desenvolver soluções e negócios por parcerias com empresas do setor de Aquecimento, Ventilação, Ar-Condicionado e Refrigeração.
3º Lugar – SIMABESP, com “Gestão Unificada”. Aumentar o portfólio de serviços oferecidos aos associados com a gestão unificada, através de uma estrutura enxuta do ponto de vista financeiro, administrativo, operacional e funcional.

As boas práticas contempladas pelo prêmio Melhores Práticas Sindicais podem ser acessadas neste link: http://premiopraticassindicais.fiesp.com.br/