imagem google

Siamfesp comemora conquistas em 2010

Durante jantar de confraternização, na Fiesp, presidente do sindicato exaltou o crescimento das vendas do setor de artefatos de metais não ferrosos

Flávia Dias, Agência Indusnet Fiesp

Imagem relacionada a matéria - Id: 1619052173

Paulo Skaf, presidente da Fiesp, parabenizou empresários do setor de metais não ferrosos e avaliou com otimismo as perspectivas para o próximo ano. Foto: Junior Ruiz



A indústria de artefatos de metais não ferrosos tem motivos de sobra para comemorar. Com o crescimento contínuo da construção civil, estimado em 13,3% em 2010, e a alta da demanda do segmento de utensílios domésticos e artefatos de metais, o setor registrou nos últimos nove meses um aumento de 14% nas vendas.

Para fechar o ano com chave de ouro, o Sindicato da Indústria de Artefatos de Metais Não Ferrosos do Estado de São Paulo (Siamfesp) promoveu um jantar de confraternização, nesta quarta-feira (8), no salão promocional da Fiesp.

“Esperamos que 2011 seja um ano tão bom quanto esse e, quiçá, melhor!”, declarou o presidente do Siamfesp, Denis Perez Martins.

O presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, parabenizou os empresários do setor de metais não ferrosos pelas conquistas em 2010 e avaliou com otimismo as perspectivas para o próximo ano: “Não há o desenvolvimento do País se não houver o crescimento da indústria”, pontuou.

Metas

No próximo ano, o Siamfesp intensificará seus esforços, junto a Secretaria da Fazenda, por medidas palatáveis para o pagamento da Substituição Tributária. Outra meta do sindicato é ampliar a venda dos produtos para o exterior, com o apoio da Apex-Brasil, para novos mercados na América do Sul, Ásia e Oceania.

Há 49 anos o Siamfesp representa cerca de 850 fabricantes de metais não ferrosos do estado de São Paulo, junto às autoridades governamentais. O sindicato oferece cursos, Grupos Setoriais, Programa de Garantia e Qualidade, entre outros serviços para as indústrias associadas.

A confraternização na Fiesp contou com a participação de empresários, representantes de entidades patronais e diretores da federação.