imagem google

Sesi Vôlei Bauru é vice-campeão Paulista 2020

Equipe venceu Osasco/São Cristóvão Saúde no jogo, mas foi superada no golden set e ficou com o vice-campeonato estadual

Marcelo Ferrazoli, Núcleo de Comunicação Sesi-SP

O Sesi Vôlei Bauru é o vice-campeão do Campeonato Paulista de Vôlei Feminino 2020. A equipe venceu o Osasco/São Cristóvão Saúde por 3 a 2 no jogo (20/25, 25/27, 25/22, 25/21 e 15/10), mas foi superada no golden set por 25 a 22, nesta terça-feira à noite (20/10), no ginásio Panela de Pressão, em Bauru, e ficou com o vice-campeonato da competição.

O técnico do Sesi Vôlei Bauru, Anderson Rodrigues, reconheceu que o adversário foi mais competente nos momentos decisivos para ficar com o título. “Eles foram melhores que nós, mas a temporada é longa e temos muito a melhorar ainda”, ressaltou.

A levantadora Dani Lins também seguiu a mesma linha do comandante da equipe. “Vacilamos no começo, quando tínhamos de entrar com 120%. Depois reagimos, conseguimos buscar e fomos para o golden set, onde o nosso mau começo custou caro e acabamos perdendo. Mas vamos em frente que temos muitos jogos pela frente”, frisou a atleta.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1606698485
Marcelo Ferrazoli/Sesi Bauru/divulgação

O jogo 

O Sesi Vôlei Bauru iniciou o jogo com a seguinte formação: Dani Lins, Tifanny, Suelle, Adenizia, Mara, Polina e Brenda. No primeiro set, Osasco começa abrindo vantagem se aproveitando da instabilidade do passe do Sesi Vôlei Bauru. Com 16/9 contra, Anderson Rodrigues pede tempo. O Sesi Vôlei Bauru reage e diminui para dois pontos no 18/16 e é a vez de Luizomar de Moura parar o jogo. No reinício, Osasco aumenta para quatro pontos no 21/17, mantém o ritmo e fecha a parcial em 25/20.

O segundo set foi mais equilibrado, mas com o Sesi Vôlei Bauru à frente até o 9/9, quando Anderson para o jogo. No recomeço, o Osasco passa à frente e abre cinco de vantagem no 19/14, com Anderson parando o jogo novamente. O Sesi Vôlei Bauru corta a desvantagem para dois pontos no 20/18 e é a vez de Osasco pedir tempo. No recomeço, o Sesi Vôlei Bauru empata no 23/23, Osasco faz 24/23 com Jaqueline e Tifanny empata em 24/24. Bia faz 25/24 para Osasco, mas erra o saque e o Sesi Vôlei Bauru empata em 25/25. Osasco faz 26/25 e fecha em 27/25 em erro de ataque de Polina.

O terceiro set começa com Osasco à frente abrindo 6/1 e Anderson para o jogo. No recomeço, o Osasco amplia para 10/2, mas o Sesi Vôlei Bauru reage, diminui para dois pontos no 15/13 e Osasco pede tempo. O Sesi Vôlei Bauru empata em 16/16, vira no 18/17 e o duelo se equilibra. Osasco empata no 19/19, mas o Sesi Vôlei Bauru abre vantagem de quatro pontos no 23/19 e fecha a parcial em 25/22.

O quarto set foi equilibrado e disputado ponto a ponto praticamente do começo ao fim, com os dois times se alternando à frente no placar com distâncias mínimas. Na reta final da parcial, o Sesi Vôlei Bauru abre três de frente no 23/20 e fecha em 25/21, levando o duelo ao tie break.

O quinto set manteve o equilíbrio da parcial anterior, mas o Sesi Vôlei Bauru, especialmente com atuação de Adenizia no bloqueio, abre dois pontos de frente no 7/5. Osasco encosta no 8/7 e Anderson pede tempo. O Sesi Vôlei Bauru volta a aumentar a vantagem e, com 11/8 contra, Osasco para o jogo. No recomeço, o Sesi Vôlei Bauru amplia para 13/9 e fecha a parcial em 15/10, levando a decisão do título para o golden set.

No golden set o Osasco começou melhor e abriu frente de cinco pontos. O Sesi Vôlei Bauru esboçou reação no final, mas o Osasco/São Cristóvão Saúde não vacilou no final e fechou em 25/22, conquistando o título.