imagem google

Sesi-SP e Senai-SP Editoras oferecem descontos na compra de livros na Bienal

Marcas de livros da indústria paulista estão com 240 títulos no evento, que segue até o próximo domingo (04/09) no Anhembi

Isabela Barros, Agência Indusnet Fiesp

Quem quiser aproveitar a 24ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo para comprar livros com desconto não pode deixar de passar no estande da Sesi-SP e da Senai-SP Editoras no Anhembi, onde está sendo realizado o evento. As editoras da indústria paulista estão dando abatimento de 20% no preço de qualquer um dos 240 títulos à venda no espaço. Para estudantes e professores o percentual é maior: 40%.

“Dobramos o nosso catálogo de livros infantis e de interesse geral nos últimos anos, estamos crescendo e consolidando o nosso modelo de negócios”, explica o editor chefe da Sesi-SP e da Senai-SP Editoras, Rodrigo de Faria e Silva. “E isso se reflete na Bienal, com o dobro de livros infantis em relação ao evento de 2014 e também com a oferta de quadrinhos”.

O estande das duas editoras tem 80 metros quadrados e fica na Rua E da Bienal. Para a edição de 2018, o acervo será ainda maior, com a entrada em catálogo dos títulos doados pela editora Cosac Naify, cujo fechamento foi anunciado em 2015. Dos mais de 1.400 títulos pertencentes à empresa de Charles Cosac, em torno de 900 podem migrar para as marcas de livros da indústria paulista em caráter de doação.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1585834480

O estande das editoras da indústria paulista na Bienal: crescimento no mercado. Foto: Divulgação


Passeando pela Bienal na manhã desta terça-feira (30/08), a escritora Luciana Garcia, autora de O mais legal do folclore, entre outras obras, aprovou o acervo da Sesi-SP e da Senai-SP Editoras. “Os títulos são interessantes e muito originais”, disse.

Também presente ao estande das editoras, a escritora Susana Ventura aproveitou a feira para lançar, também nesta quarta-feira (30/08), o livro O caderno da Vovó Clara (Sesi-SP Editora). A obra destaca, de forma delicada, a importância dos avós na vida dos netos, sendo o primeiro romance juvenil da autora, acostumada a escrever para crianças. “Digo que o livro foi um trabalho em equipe, já que o design, com páginas de texto como se fosse manuscrito, ajuda a dar o clima da história”, explicou. “A equipe da Sesi-SP Editora foi ótima conosco”.

Presente ao lançamento, a tradutora Angela Aranha Coelho é outra que aprova o trabalho das marcas de livros da indústria de São Paulo. “Sou apaixonada pelo trabalho do Sesi-SP e do Senai-SP”, disse. “Duas instituições engajadas culturalmente”.

A Bienal segue até o próximo domingo (04/09) no Anhembi. Para saber mais sobre o evento, só clicar aqui.