imagem google

Senai-SP se destaca na modalidade Fábrica Digital em desafio internacional patrocinado pela Siemens

Em função da pandemia, evento realizado na Rússia ocorreu de forma remota

Taise Bittencourt, Núcleo de Comunicação Senai-SP

Alunos e instrutores do Senai-SP participaram do BRICS Future Skills Camp, que ocorreu entre os dias 23 de julho e 30 de agosto. Representantes da educação profissional dos países que compõem o BRICS – Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul – tiveram a oportunidade de testar seus conhecimentos e trocar experiências. O treinamento realizado na Rússia, em função da pandemia, ocorreu remotamente.

Das 19 áreas de atuação na indústria, o Senai-SP marcou presença em 12, e apresentou excelente desempenho das equipes nas atividades. As modalidades que tiveram a representatividade do Senai-SP foram: Segurança de Sistemas de Informações Corporativas, Tecnologia de Design Industrial, Robótica Industrial, Internet das Coisas, Aprendizado de Máquina e Big Data, Desenvolvimento de Aplicativos para Celulares, Fabricação Aditiva, Operação de Drones, Modelagem da Informação da Construção (BIM), Fábrica Digital, Soldagem Robótica e Marketing na Internet.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1603443338

Os treinamentos foram gravados e disponibilizados aos países participantes pelo canal Youtube e os debates técnicos foram realizados em fóruns de discussão pela plataforma Telegram. Os participantes realizaram as atividades de acordo com o fuso horário de seu país. Os trabalhos concluídos foram avaliados por especialistas em formato remoto.

Em sua primeira participação no evento, a equipe do Senai Ettore Zanini, de Sertãozinho, concorreu com 14 grupos e teve que resolver cinco desafios apresentados pela Siemens Rússia na modalidade Fábrica Digital. Simulações e otimização de processos de uma linha de produção foram algumas das atividades desenvolvidas. O time, composto por 2 alunos e um instrutor, apresentou as melhores soluções da categoria. “Foi uma experiência única e tivemos contato com outros profissionais de diferentes partes do mundo”, contou Rafael Pessoni, instrutor da equipe. E acrescentou: “Ficamos muito contentes em ser a única delegação a cumprir todos os desafios propostos pela Siemens, mesmo com a pouca idade dos alunos e com pouco tempo de treinamento”.

Todos os participantes receberam certificados do BRICS Future Skills Camp. E o Skills-passport (passaporte de habilidades) foi entregue a todas as equipes que concluíram o projeto de teste.

Sobre BRICS Future Skills Camp – Criado em 2019, O BRICS Future Skills Camp tem como objetivo realizar treinamentos em ocupações tecnológicas da indústria 4.0 e proporcionar a troca de experiência entre os países. O evento precede o BRICS Challenge, previsto para novembro deste ano.