imagem google

Senai-SP inaugura escola móvel de simulação de colhedoras de cana de açúcar

Unidade móvel é a primeira das quatro que serão entregues pelo Senai-SP até o fim de 2014

Guilherme Abati, Agência Indusnet Fiesp, de Ribeirão Preto

Na abertura da 21ª Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação (Agrishow 2014), em Ribeirão Preto, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de São Paulo (Senai-SP) inaugurou na tarde desta terça-feira (29/04) a escola móvel de simulação de colhedoras de cana de açúcar.

Trata-se da primeira unidade das quatro que devem ser disponibilizadas pelo Senai-SP até o fim de 2014.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1601401560

Durante Agrishow, Senai-SP apresenta unidade móvel para o setor sucroalcooleiro. Foto: Tâmna Waqued/FIESP

Ao visitar a principal feira de tecnologia agrícola do Brasil, o presidente da instituição e da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, ressaltou a necessidade de modernização de todos os setores produtivos da economia brasileira.

“Estamos olhando para o futuro ao disponibilizar esta escola móvel, com este maquinário moderno e inovador”, afirmou o presidente.

Skaf também destacou que o agronegócio é um setor vibrante e “que merece modernização e atualização”.

Na escola móvel são disponibilizados cursos de 80 horas teóricas e 120 horas em máquinas reais. “A pessoa sai operando as máquinas que colhem cana, pronta para o mercado de trabalho”, garantiu Skaf.

Segundo Walter Vicioni, diretor regional do Senai-SP e superintendente do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP), a nova escola móvel mostra a flexibilidade do Senai-SP em atender todas as demandas da indústria e da sociedade brasileira.

“Esses programas de formação profissional são exemplos da modernidade do pensamento da indústria paulista e da inovação do Senai-SP”, disse Vicioni.