imagem google

Senai-SP disponibiliza 400 cilindros de oxigênio para unidades de saúde

Desse total, 250 serão destinados à prefeitura da cidade de São Paulo, que solicitou essa quantidade do insumo à Fiesp

Agência Indusnet Fiesp

Nesta quarta-feira (24/3), às 9h, na unidade do Senai-SP de Barueri, um caminhão será carregado com 400 cilindros que acondicionam oxigênio. Eles foram recolhidos em 78 escolas do Senai-SP, espalhadas por 65 cidades em todo estado de São Paulo e são destinados a unidades de saúde. Em seguida, o caminhão partirá para Vinhedo com destino à sede da empresa White Martins. Lá, os cilindros, de uso industrial, passarão por higienização para serem utilizados na área de saúde e serão abastecidos com gás medicinal. Desse total, 250 cilindros serão encaminhados à prefeitura de São Paulo.

Na sexta-feira (19), a prefeitura da capital paulista solicitou à Fiesp ajuda para conseguir essa quantidade de insumo, no que foi prontamente atendida. Os demais cilindros serão disponibilizados para unidades de saúde de outros municípios.

“O primeiro passo já foi dado e conseguimos resolver a falta de cilindros da cidade de São Paulo”, diz o presidente da Fiesp e do Senai-SP, Paulo Skaf. “Estamos numa forte mobilização junto às empresas industriais, mapeando aquelas que podem ceder os cilindros neste momento de grande necessidade do setor de saúde, e desta forma suprir toda a demanda existente.”

Além disso, o Senai-SP voltou a consertar, gratuitamente, respiradores de hospitais públicos. No ano passado, foram reparados e entregues em pleno funcionamento 205 aparelhos para 62 cidades.