imagem google

Seminário Internacional discute Economia Criativa, Cultura e Negócios

Evento promovido pelo Sesi-SP aborda a importância das ideias criativas para o desenvolvimento econômico e social das grandes metropóles



Valorizar os talentos humanos e transformar ideias criativas em oportunidade de negócios. Este é o objetivo do Seminário Internacional de Economia Criativa, Cultura e Negócios, evento promovido pelo Sesi-SP nesta terça-feira (17/04), no Teatro do Sesi São Paulo.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1642839669

São Paulo, 17 de abril de 2012. Walter Vicioni, superintendente do Sesi-SP e diretor regional do Senai-SP

Ao longo de quatro dias, o evento – inédito no Brasil – contará com a participação de 41 palestrantes e moderadores de todo o mundo, convidados para debater a relação entre economia criativa, cultura, negócios e valorização dos talentos humanos.

Segundo ele, a capacidade de transformar uma ideia em ação depende dos investimentos na área de educação.Durante a cerimônia de abertura, o superintendente do Sesi-SP e diretor regional do Senai-SP, Walter Vicioni, destacou que a economia criativa é o melhor indicador para um país em desenvolvimento.“Falar de criatividade é falar de gente. E na economia criativa o sistema produtivo tem o seu eixo central na valorização das pessoas e no conhecimento. É por isso que o Sesi-SP direciona todos os seus esforços no que diz respeito ao crescimento das pessoas e investe na educação de excelência. Isso me deixa muito orgulhoso”, afirmou.

“Nossa entidade trabalha com a convicção de que o Brasil tem um futuro promissor desde que sejam feitos investimentos na área de educação”, avaliou.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1642839669

João Guilherme Sabino Ometto, vice-presidente da Fiesp

João Guilherme Sabino Ometto, vice-presidente da Fiesp, afirmou que os avanços tecnológicos e a complexidade do processo produtivo exigem que os trabalhadores desenvolvam um raciocínio rápido e o domínio da informação. Opinião compartilhada pela economista e curadora do evento, Ana Carla Fonseca. Ela elogiou a iniciativa do Sesi-SP de promover um amplo debate sobre os conceitos de economia criativa. “Nós temos muitas ideias, mas para colocá-las em prática precisamos de investimentos na área de educação, tecnologia e também precisamos reconhecer o valor econômico da cultura”.

Confira a programação completa do evento no site do Sesi-SP.