imagem google

Rio+20 foi importante passo para garantir amplo diálogo global, diz embaixador dos EUA

Thomas A. Shannon, embaixador norte-americano no Brasil, participou do Fórum Brasil-Estados Unidos, nesta terça-feira (26/06), na Fiesp

Alice Assunção, Agência Indusnet Fiesp

Para o embaixador norte-americano Thomas A. Shannon, a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20) foi o início concreto de um amplo diálogo global sobre sustentabilidade.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1561474101

O embaixador norte-americano Thomas A. Shannon, durante Fórum Brasil-EUA, na Fiesp

O embaixador norte-americano Thomas A. Shannon, durante Fórum Brasil-EUA, na Fiesp “Se você ler na mídia, a conferência fracassou. Isso me surpreende, a imprensa está enganada. A Rio+20 não falhou. Ela foi um importante passo para garantir um amplo diálogo global sobre a estrutura do desenvolvimento sustentável”, afirmou Shannon, nesta terça-feira (27/06), durante a abertura do Fórum Brasil-Estados-Unidos, na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

O evento reuniu empresários, autoridades e acadêmicos brasileiros e norte-americanos para repensar a relação comercial entre os dois países e estabelecer uma parceria estratégica.

Também estava presente o economista-chefe da área de Integração e Comércio Exterior do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Mauricio Mesquita Moreira, que insistiu sobre a diversificação de mercados como principal estímulo ao crescimento da indústria nacional.

“Se a gente quer evitar o futuro de produzir e exportar minério de ferro e soja, precisa ter acesso a mercados que demandem produtos distintos desses”, reiterou.