imagem google

Representantes dos EUA apresentam práticas de conformidade, revenda e reexportação

Cônsul norte-americano Dennis Hankins participou de encontro na Fiesp

Patrícia Ribeiro, Agência Indusnet Fiesp

A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) sediou nesta quarta-feira (4/3) o seminário Controle de Exportação e Importação dos Estados Unidos e Brasil.

No encontro, os representantes norte-americanos apresentaram aos empresários brasileiros materiais controlados utilizados pelas indústrias de defesa e civil. Também foram discutidas a reforma do controle de exportação, importação e reexportação dos produtos de defesa dos Estados Unidos.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1603497505

Seminário da Fiesp discute práticas de revenda e conformidade na exportação. Foto: Helcio Nagamine/Fiesp

O seminário contou com a participação do diretor-titular adjunto do Departamento de Defesa (Comdefesa) da Fiesp, Sérgio Vaquelli, do cônsul geral dos EUA, Dennis Hankins, do coordenador geral de Bens Sensíveis do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, Sérgio Antônio Frazão Araujo, do diretor da Secretaria de Não-Proliferação e Observância dos Tratados, Alex Lopes e do secretário adjunto para a Administração de Exportação, Kevin Wolf.

Para Sérgio Vaquelli, o seminário é importante porque “traz novidades dos EUA, que é um grande parceiro”. Enquanto, o cônsul Hankins afirmou que é fundamental entender os principais problemas que a indústria brasileira enfrenta para importação de produtos.

Na avaliação de Alex Lopes, o encontro pode favorecer as conversações sobre exportação e importação de produtos entre os países.

“Esperamos que este seja um diálogo contínuo entre as agências, para que haja melhores práticas de comércio entre Brasil e EUA”, disse Lopes.

Os palestrantes concluíram o seminário mostrando as facilidades na exportação e importação. E o consulado dos EUA se colocou à disposição para eventuais dúvidas.