imagem google

Proposta do Sesi-SP é de ‘educação completa’, diz Paulo Skaf na inauguração de escola em Lençóis Paulista

Escola Alberto Trecenti é a primeira unidade do Sesi-SP no município e a 19ª nova unidade aberta em 2013

Alice Assunção, Agência Indusnet Fiesp

Imagem relacionada a matéria - Id: 1656297864

Paulo Skaf inaugura Sesi em Lençóis Paulista. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp

Receber uma criança de seis anos, desenvolvê-la e devolver para a sociedade um jovem de 18 anos, com ensino de qualidade e completo. Esta é a proposta do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP), afirmou na manhã desta sexta-feira (04/10), em Lençóis Paulista, o presidente do Sesi-SP e da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf.

“Essa é a proposta da indústria, devolver para sociedade alguém saudável, com autoestima e, acima de tudo, pronto para a vida e para as oportunidades”, afirmou Skaf depois de inaugurar a escola Alberto Trecenti, a primeira do Sesi-SP no município interior, a aproximadamente 280 km da capital.

>> Unidade do Sesi-SP em Lençóis Paulista atende um total de 316 estudantes; 228 em período integral

“A indústria investe nessas pessoas, mas elas vão servir ao Brasil e não obrigatoriamente à indústria. São pessoas que vão ajudar a construir esse país”, completou Skaf.

Segundo o presidente do Sesi-SP, a instituição de ensino deve inaugurar um total de 100 escolas com ensino em tempo integral e ensino médio.  Skaf destacou ainda o papel dos educadores. “Não adiantaria a vontade e a prioridade para a educação se não fossem os professores e professoras”, ponderou.

O diretor regional do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de São Paulo (Senai-SP) e superintendente do Sesi-SP, professor Walter Vicioni, também participou da inauguração da unidade escola em Lençóis Paulista.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1656297864

Presidente da Fiesp e do Sesi-SP acompanha apresentação musical de alunos em sala de aula. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp

De acordo com Vicioni, ao menos 35 mil alunos estudam em tempo integral nas escolas do Sesi-SP no Estado. Em 2006, Quando o modelo foi implantado eram apenas 800 matrículas. A meta da escola é atender um total de 90 mil alunos em 2015 pelo regime integral, informou o professor.

“Nesse balanço, eu começo a acreditar que querer é possível, é algo realizável. Ninguém imaginava em 2006 que haveria tantas realizações, tantas escolas”, disse Vicioni.

A escola do Sesi-SP de Lençóis Paulista recebeu o nome de Alberto Trecenti, empresário da cidade. Emocionado, ele também falou durante a cerimônia de inauguração.

“Minha família está em Lençóis há mais de 100 anos. Queremos que essa cidade tenha campo para profissionais, mão de obra especializada”, disse Trecenti. “Finalmente isso está acontecendo aqui, a Fiesp deu para lençóis esse presente”, acrescentou.

Patrono da escola, o empresário doou o terreno para a construção da unidade, que funciona desde o começo do ano. “Essa escola vai formar pessoas que farão diferença no mercado de trabalho”, disse Trecenti.

A prefeita da cidade, Bel Lorenzetti, também participou da inauguração. Ela destacou o envolvimento de Luiz Carlos Trecenti, diretor regional do Ciesp e ex-vice-prefeito de Lençóis, do empresário Alberto Trecenti e do presidente da Fiesp e do Sesi-SP, Paulo Skaf.

“Luiz Carlos intensificou os esforços para conseguir essa escola, enquanto o Alberto, ciente da importância dessa escola para nós, doou o terreno com sua generosidade”, lembrou Lorenzetti.  “Gostaria ainda de cumprimentá-lo pela maneira como você valoriza a educação”, disse a prefeita para Skaf.