imagem google

Presidente da Fiesp/Ciesp, Paulo Skaf, segue para o Líbano em missão humanitária do governo brasileiro

Líbano receberá 6 toneladas de suprimentos do Brasil, entre remédios e alimentos

Agência Indusnet Fiesp

O presidente da Fiesp/Ciesp, Paulo Skaf, embarcou na manhã desta quarta-feira (12/8) para o Líbano, integrando a missão humanitária do Governo Brasileiro que leva seis toneladas de suprimentos, entre remédios e alimentos. Antes da decolagem, na base da Força Aérea Brasileira (FAB), Skaf discursou na cerimônia oficial que teve a participação do presidente da República, Jair Bolsonaro, e disse ser motivo de orgulho para a Fiesp fazer parte da missão.

Ele também destacou a necessidade de estender a mão ao povo libanês neste momento difícil e entende ser a oportunidade de promover a união e o espírito de solidariedade. “A vida da gente reserva muitas surpresas. Quem diria que em 2020 iríamos enfrentar uma pandemia, estar navegando durante o ano no desconhecido? Com incertezas na saúde, na economia e no social. Quem diria que, de repente, uma explosão no Porto de Beirute causaria mortes e deixaria tantos desabrigados? É a vida. Isso tudo nos entristece muito, mas ao mesmo tempo nos faz mais humildes, mais humanos, mais unidos, mais solidários, e esse voo demonstra isso”, disse Skaf.

Convocada pelo presidente Jair Bolsonaro, a missão é liderada pelo ex-presidente Michel Temer, que é filho de libaneses. A explosão da semana passada deixou quase 200 mortos e milhares de desabrigados na capital do Líbano, país com o qual o Brasil tem fortes laços. A comunidade libanesa aqui é quase três vezes maior que a própria população do país de origem.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1600631466

Imagem relacionada a matéria - Id: 1600631466

Imagem relacionada a matéria - Id: 1600631466

Fotos: Karim Kahn/Fiesp