imagem google

Polo aquático do Sesi-SP reedita última final no Brasil Open e fica com o vice-campeonato

Equipe feminina termina a disputa do nacional com o quarto lugar

Amanda Demétrio, Núcleo de Comunicação

Um dos únicos grupos que não contaram com atletas estrangeiros, apostando no seu trabalho de formação, o Sesi-SP fez bonito no Brasil Open 2020 e garantiu sua presença em mais um pódio do nacional. Após vencerem um confronto apertado nas semifinais, o time da Vila Leopoldina reencontrou o Esporte Clube Pinheiros na final deste domingo (22/11). Mas, diferente da última edição, quando terminaram com o título, em 2020 os meninos ficaram com o vice-campeonato. No feminino, na disputa do terceiro lugar, as meninas da capital paulista ficaram atrás e terminaram a competição na quarta colocação.

Na única e principal competição do ano após a pandemia do coronavírus – COVID-19, quatorze equipes entre feminino e masculino disputaram o grande título em cinco dias de competições na piscina da Arena ABDA, em Bauru/SP.

“Foi um ano muito difícil devido a tudo isso que está acontecendo. Nós mantivemos o time bem jovem, teve uma mescla de jogadores mais experientes com os mais novos, mas tivemos um destaque muito bom desses garotos, e isso é o que a gente leva de mais valoroso nesta temporada. Isso nos dá bastante orgulho”, comentou o técnico André Avallone.

Embalados pela boa campanha durante toda competição, o grupo seguiu confiante para a partida decisiva. No principal clássico paulista, o grupo da Vila Leopoldina oscilou durante os quartos, buscou o empate, virou o placar, mas no final não conseguiu segurar o adversário, que levou a melhor por 9 a 6.

“Fizemos jogos muito bons, onde conseguimos recuperar, jogos em que conseguimos abrir e manter um bom placar, mas esse último, na final, nós realmente perdemos um pouco o controle no último quarto principalmente, tivemos altos e baixos durante a partida. Saímos sem o título, mas com muito orgulho do que a gente conseguiu fazer e por ter sobrevivido toda essa pandemia. Agora vamos torcer para voltarmos em breve para nossa vida normal”, finalizou Avallone.

Entre os destaques individuais do campeonato, o goleiro Matheus ganhou o prêmio de melhor goleiro. Na artilharia, Gustavo Coutinho terminou na segunda colocação com 15 gols. Ambos terminaram na seleção do campeonato.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1611575171
Marcelo Ferrazoli/Sesi Bauru