imagem google

Paulo Skaf recebe representantes do Movimento Reformar para Mudar

Movimento é formado por 28 entidades que trazem na pauta a urgência da reforma da Previdência

Cristina Carvalho, Agência Indusnet Fiesp

O presidente da Fiesp, Paulo Skaf, recebeu, nesta quinta-feira (9/5), representantes do movimento Reformar para Mudar, formado por 28 entidades da cadeia da construção, incluindo a Fiesp, cujo pauta foi a urgência da necessidade da aprovação da reforma da Previdência.

“Nós estamos em um momento no Brasil que precisamos estar unidos, pois temos muitos desafios, como a reforma da Previdência, a Tributária, a retomada do crescimento, a geração de empregos”, disse Skaf, destacando que a reforma da Previdência deve ser aprovada ainda neste semestre, na Câmara dos Deputados.

Também presente ao encontro, Carlos Eduardo Auricchio, diretor-titular do Departamento da Indústria da Construção e Mineração da Fiesp, lembrou que a Frente Reformar para Mudar é uma iniciativa importantíssima para o desenvolvimento do país. “Liderada pelo Secovi-SP, com início das atividades em 2017, esse movimento veio para ajudar nos interesses do país. Já atuamos no setor de habitação, na reforma trabalhista e agora em prol da reforma da Previdência. As entidades têm papel determinante em todas essas ações”, disse.

O presidente do Secovi-SP, Basilio Jafet, ressaltou as ações que estão em discussão pelo grupo e reafirmou a importância da aprovação da reforma da Previdência.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1558516909

Representantes do movimento Reformar para Mudar, formado por 28 entidades da cadeia da construção, incluindo a Fiesp, debatem temas de interesse da indústria. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp