imagem google

Presidente da Fiesp inaugura em Franca primeira escola vertical do Sesi-SP

Com capacidade para atender 1.600 alunos, unidade teve investimento de R$ 32,4 milhões

Juan Saavedra, Agência Indusnet Fiesp, de Franca

Foi uma manhã de festa em Franca, no interior paulista. O presidente do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP)  e da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, inaugurou na manhã desta quarta-feira (28/05) a nova escola do Sesi-SP no município, um dos mais importantes polos calçadistas do país.

A escola do Sesi-SP em Franca: homenagem. Foto: Tâmna Waqued/Fiesp

A escola do Sesi-SP em Franca: homenagem. Foto: Tâmna Waqued/Fiesp


A unidade, ao lado do Centro de Atividades, é  a primeira escola vertical do Sesi-SP, com capacidade para atender 1.600 alunos, 1.266 em ensino fundamental e 334 no médio. São quatro andares distribuídos em um total de 10.500 metros quadrados, com 28 salas de aula e sete laboratórios, entre outros espaços.

Skaf com alunos e autoridades na inauguração da escola do Sesi-SP em Franca. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp

Skaf com alunos e autoridades na inauguração da escola do Sesi-SP em Franca. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp

“Hoje, nesse encontro que me emocionou muito, foi a minha última inauguração como presidente do Sesi-SP [antes de licenciar-se no dia 30 de maio]”, disse Skaf na cerimônia, cumprimentando alunos, pais, professores e funcionários pela receptividade, que incluiu uma apresentação de dezenas de crianças, distribuídas em três andares do prédio, cantando em coro a canção “Aquarela”, de Toquinho.

Ns cerimônia estivaram presentes pais, alunos, além de jovens do Programa Atleta do Futuro com seus uniformes, alguns com quimonos de judô, outros com bolas de futebol e muitos  com raquetes de tênis.

Uma das presenças ilustres da cerimônia, o ex-técnico e ex-jogador da seleção de basquete, Helio Rubens, um dos orgulhos da cidade que tem tradição no esporte, foi convidado por Skaf para comparecer ao palanque. E ficou emocionado com uma surpresa, o convite para ser patrono das futuras instalações esportivas do Sesi-SP no CAT. “Fico super emocionado. Eu não mereço tanto”, afirmou Helio Rubens. “Parabéns ao Sesi-SP por proporcionar aos jovens um futuro melhor, um país melhor, através do esporte”, disse o técnico, para quem o esporte é importante para incutir nos jovens conceitos de vida e de disciplina.

O presidente da Fiesp e do Sesi-SP, PauloSkaf, convidou ainda para algumas palavras o bispo de Franca, Paulo Roberto Beloto, que rezou uma oração com todos os presentes e enalteceu a iniciativa. “A escola é um espaço sagrado, um lugar onde se passa boa parte da vida”, disse o bispo.

Ao falar dos motivos que levaram o Sesi-SP a investir em educação, Skaf contou que tanto ele como seus cinco filhos tiveram a oportunidade de estudar em uma escola em tempo integral. E que ele queria dar a mesma chance aos alunos do Sesi-SP quando assumiu a presidência da instituição. Para concretizar esse projeto, disse Skaf, o Sesi-SP deu início à substituição de 127 das 175 escolas, construindo unidades inteiramente novas com instalações aptas para receber o ensino integral.

Nova escola

Um exemplo disso é a nova escola de Franca. Além das 28 salas de aula, a unidade conta com biblioteca escolar com acervo atualizado, dois laboratórios de informática, outros dois de ciência e tecnologia, um de ciências físicas, além de laboratórios de ciências químicas e biológicas, e 14 salas: oito de convivência, duas de música, duas de artes cênicas e duas de treinamento. E mais: recreio coberto, área de convivência, refeitório com 452 lugares e salas de coordenação e para receber os pais.

“Franca tem a melhor escola de ensino básico do mundo”, afirmou o presidente do Sesi-SP, ressalvando que para oferecer educação de qualidade não basta escolas novas, mas gente que faça o dia a dia, agradecendo aos cerca de 18.000 funcionários do Sesi-SP. “Se não fosse pelos professores, pelos educadores, pelos diretores, pelos colaboradores mais simples, isso não valeria de nada. Eles que fazem o dia a dia”, disse Skaf, pedindo palmas para os educadores. “Não há profissão mais nobre do que a de um educador.”

Skaf agradeceu ainda à diretoria das entidades que preside, ressaltando que todo o investimento feito em educação contou com aprovação unânime dos conselhos.


Formação de professores

O presidente do Sesi-SP aproveitou para anunciar uma novidade. A escola do Sesi-SP em Franca vai solicitar ao Ministério da Educação (MEC) autorização para poder abrir atividades da Faculdade Sesi-SP, formando professores do ciclo básico de educação.

Após a solenidade, o presidente do Sesi-SP descerrou a placa de inauguração, fez uma rápida visita a algumas salas da escola, cumprimentou pais e alunos no CAT e participou de uma reunião com diretores, gerentes e gestores do Sesi-SP.

A cerimônia contou com a participação do prefeito de Franca, Alexandre Augusto Ferreira, que agradeceu a Skaf pela “escola maravilhosa”.

<!–

–>