imagem google

Paulo Skaf acompanha embarque de contêineres destinados ao Líbano

Mais de 60 toneladas de medicamentos, insumos hospitalares e alimentos estão a caminho da capital libanesa. A ação faz parte do Movimento de Ajuda Humanitária ao Líbano, que integra a Missão Brasileira

Mariana Soares, Agência Indusnet Fiesp

Na manhã desta quinta-feira (3/9), a sede da Cruz Vermelha, na zona sul de São Paulo, deu espaço a um capítulo importante da rede de esforços com o objetivo de ajudar humanitariamente o Líbano, país cuja capital, Beirute, sofreu recentemente com fortes explosões, em sua área portuária, que deixou saldo de mais de 170 mortos e 6 mil feridos.

O presidente da Fiesp e do Ciesp, Paulo Skaf, e o ex-presidente da República Michel Temer estiveram no local para acompanhar o carregamento de dois contêineres destinados a Beirute. Mais de 60 toneladas de medicamentos, insumos hospitalares e alimentos estão a caminho da capital libanesa.

Os medicamentos e insumos hospitalares foram despachados nesta quarta (1º/9) e seguem de avião. Os alimentos serão enviados por via marítima ainda hoje, saindo da sede da Cruz Vermelha e de Guarulhos.

“Graças ao apoio da comunidade e dos empresários, foi possível arrecadar esses mantimentos para enviar ao Líbano. Fico muito feliz por poder participar da Missão Brasileira e do Movimento de Ajuda Humanitária ao Líbano. Dessa forma, ajudamos o povo libanês a reconstruir sua história”, afirmou Paulo Skaf.

O ex-presidente da República Michel Temer fez questão de pontuar que a Missão Brasileira em prol do Líbano não está nem perto de acabar. “Estamos aguardando doações de vários estados brasileiros. Neste momento, é preciso focar na reconstrução daquela área, os 4 km próximos ao porto onde aconteceu a explosão”, complementou.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1600912817

Imagem relacionada a matéria - Id: 1600912817

Fotos: Karim Khan/Fiesp