imagem google

Desafios e metas de cooperação entre universidades e cadeia produtiva são avaliados

Como aprimorar a contribuição das universidades ao sistema produtivo do país foi o objetivo de encontro realizado na sede da indústria paulista

Mariana Soares, Agência Indusnet Fiesp

Debater formas de aprimorar a contribuição das universidades ao sistema produtivo do país. Este foi o principal objetivo de encontro realizado na última terça-feira (10/9), na Fiesp, que estimulou maior envolvimento do setor acadêmico nas demandas da cadeia produtiva de Bioenergia, Biomassa e Bioprodutos.

Especialistas das faculdades paulistas – USP, Unicamp, Unesp e UFScar, além da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) -, participaram do encontro a fim de estabelecer a construção de agenda de cooperação mútua relativa à inovação, à pesquisa e ao desenvolvimento.

O diretor titular do Comitê da Cadeia Produtiva da Saúde e Biotecnologia (ComSaude), Eduardo Giacomazzi, mediou o debate e reforçou que a interação entre a academia e as empresas já acontece, o que tem gerado resultados importantes. No entanto, alertou para a importância de comunicar as repercussões e os avanços para a sociedade e aos setores produtivos envolvidos. “Dentro desta proposta, faremos um debate sobre as encomendas tecnológicas e discutiremos de que forma as universidades também podem participar efetivamente deste espaço, que envolve a demanda dos governos em prol do bem-estar da sociedade”, informou.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1573655499

Empresários e especialistas de faculdades paulistas se encontram a fim de aprimorar formas de  contribuição entre universidades e o sistema produtivo do país, especialmente nas demandas da cadeia de Bioenergia, Biomassa e Bioprodutos. Foto: Everton Amaro/Fiesp