imagem google

Na Jovem Pan, Skaf afirma que redução dos juros bancários é positiva, mas ainda insuficiente

Pressionadas pelo governo, principais instituições financeiras do Brasil têm anunciado corte na taxa de juros do cartão de crédito

Agência Indusnet Fiesp

O presidente da Federação e do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp e Ciesp), Paulo Skaf, afirmou na manhã desta quarta-feira (26/09), em entrevista concedida ao Jornal da Manhã, da Rádio Jovem Pan, que a atitude do governo para reduzir os juros bancários é positiva, mas o nível de redução ainda é insuficiente.

Segundo a reportagem, Skaf avalia que o governo demorou em pressionar os bancos e as taxas de juros continuam em patamares muito acima do ideal.

“Pelo menos o assunto está em pauta. Finalmente, o governo resolveu reagir em relação a isso. É muito positiva essa posição do governo, mas eu creio que não é suficiente sair dos juros de 12%, 13%, 14% para 6% ou 7%. É melhor, mas continua sendo um absurdo”, afirmou o presidente da federação.

Clique aqui e ouça reportagem na íntegra.