imagem google

Mostra ‘Cinema e trabalho’, do Sesi-SP, leva clássicos a 47 municípios

Sessões acontecem de 10 de junho a 18 de agosto, na capital e no interior, em 52 unidades do Sesi-SP. Programação inclui debates com cineastas e produtores da mostra. Entrada é gratuita

Agência Indusnet Fiesp 

Imagem relacionada a matéria - Id: 1563451662

'Tempos Modernos', de Charles Chaplin, é um dos destaques da mostra 'Cinema e Trabalho'

Em um projeto que envolve 52 unidades na capital e no interior do Estado, o Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) promove de 10 de junho a 18 de agosto a mostra “Cinema e Trabalho”.

A iniciativa mostra as transformações das relações do homem com meios de produção, reunindo 12 longas e curtas-metragens de países como Alemanha, EUA, Itália e Brasil, com produções  que retratam os antigos operários até obras sobre as novas profissões, passando por ocupações em processo de extinção.

Para abrir a mostra, foram escolhidos os clássicos “Metrópolis” (Alemanha, 1927), “Tempos Modernos” (EUA, 1936) e “São Paulo Sociedade Anônima” (Brasil, 1965), que terão sessões gratuitas em 47 municípios.

Destaque também para três curtas nacionais: “Chapeleiros” (1984), “Antonio Ribeiro dos Santos, Cearense, RG 674.230” (1984) e “Construção” (2007), que serão exibidos em sessão única.

A programação contempla ainda debates com a presença de produtores e diretores de cinema, com convidados como o cineasta brasileiro Ugo Giorgetti.

Ao final das 10 semanas da mostra, as películas selecionadas passam a ser exibidas em 520 sessões gratuitas. O projeto pretende beneficiar cerca de 20 mil pessoas.

A concepção da mostra

Desde suas primeiras produções, o cinema abordou as relações do homem com os meios de produção. Em “Cinema e Trabalho”, o Sesi-SP irá apresentar as diferentes visões de diretores em uma série de filmes que revela o quanto os fatores organizacionais vêm se transformando no mercado mundial.

De “Metrópolis”, de Fritz Lang, e Tempos Modernos, de Charlie Chaplin, a “São Paulo Sociedade Anônima”, de Luiz Sérgio Person, as questões sobre os recursos humanos e os modos de produção têm estado nas telas com frequência, a fim de expor a vida e o mundo do trabalho e suas inter-relações com a sociedade.

Um dos primeiros filmes dos irmãos Lumière, considerados os inventores do cinema, foi “La Sortie de L’usine à Lyon” (“A Saída da Fábrica em Lyon”), exibido em Paris, em 1895, que mostra a saída de operários de uma indústria. Nesses 118 anos, filmes de ficção e documentários, curtas, médias e longas-metragens têm mostrado as relações entre empresas e empregados nas mais diversas épocas, locais e contextos.

>> Saiba mais sobre os filmes que integram a mostra ‘Cinema e trabalho’

Serviço

Mostra Cinema e Trabalho – em São Paulo (capital)
Quando: 10 de junho a 18 de agosto de 2013, com entrada gratuita.
Local: Centro Cultural Fiesp  – Ruth Cardoso – Avenida Paulista, 1313, Espaço Mezanino; Sesi Vila Leopoldina – Rua Carlos Weber, 835; SESI Vila das Mercês – Rua Júlio Felipe Guedes, 138; Sesi A.E. Carvalho – Rua Deodato Saraiva da Silva, 110.
Horário: Verifique na programação da unidade.
Entrada franca – Entrada por ordem de chegada.
Informações: (11) 3146-7405 / 7406