imagem google

Monitoramento da Fiesp revela tendências que vão transformar o mundo nas próximas décadas

Fiesp elabora o levantamento Macrotendências Mundiais até 2040 e os possíveis impactos para os mais diversos setores

Agência Indusnet Fiesp

Elaborado pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), o levantamento Macrotendências Mundiais até 2040 joga luz sobre as mudanças que devem impactar o mundo nas próximas décadas, nos campos da saúde, alimentos, energia, infraestrutura, urbanização, consumo, trabalho, segurança e entretenimento.

Ao longo da pesquisa, descobrimos de que maneira fatores como crescimento do PIB, envelhecimento populacional e desenvolvimento sustentável serão determinantes para o aumento da demanda por saúde personalizada, a autossuficiência na agricultura e a redução do custo de fontes de energia renováveis.

Outras tendências, como a utilização de sistemas para distribuição inteligente de água, o aumento da busca por espaços colaborativos sustentáveis e a customização de produtos e serviços são analisados sob a ótica da evolução tecnológica.

O mapeamento e a análise das macrotendências ajudam empresas e setor público a avaliar futuras oportunidades de negócios, fazer investimentos mais produtivos, antecipar as necessidades dos consumidores e elaborar políticas voltadas para o desenvolvimento do Brasil. Nesse sentido, destaca-se a seção Oportunidades para o Brasil que sinaliza caminhos profícuos e ainda pouco explorados na esfera doméstica.

O relatório sintetiza conclusões apontadas por mais de 300 estudos, projetos e pesquisas de consultorias especializadas, empresas, entidades setoriais, órgãos de governo e organismos multilaterais internacionais. Entrevistas com membros de departamentos, conselhos e comitês da Fiesp também fizeram parte da metodologia da pesquisa.

Confira aqui o relatório completo e embarque em uma viagem rumo ao futuro!

Saúde

Alimentos

Energia

Infraestrutura

Urbanização

Perfil do consumidor

Trabalho e qualificação

Segurança

Entretenimento e turismo

Biblliografia