imagem google

Modelos de gestão empresarial são tema de painel do MPI 2014

Gestão, controle e resultados de empresas foi tema de painel do Congresso da Micro e Pequena Indústria, evento realizado pela Fiesp nesta segunda-feira (26/05)

Guilherme Abati, Agência Indusnet Fiesp

Imagem relacionada a matéria - Id: 1601400225

Roy Martelanc, professor da FIA: análise de desvios é importante por levar à correção de planos e à revisão de metas. Foto: Everton Amaro/Fiesp

Especialistas em gestão empresarial participaram, no fim da manhã desta segunda-feira (26/05), do painel “Gestão, Controle e Resultados: Domine sua Empresa”, parte da programação do Congresso da Micro e Pequena Indústria (MPI). O evento é uma realização da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

Roy Martelanc, professor da Fundação Instituto de Administração (FIA), falou sobre modelos de gestão e formas de controle que podem melhorar o desempenho das indústrias. “O controle estabelece metas e objetivos por meio de planejamentos que contemplem diversos cenários”, afirmou Martelanc.

O processo seguinte, de acordo com o professor da FIA, leva em consideração a execução do planejamento, “através da mensuração e comparação da análise de desvios”.

“É nesse momento que o controle de gestão começa.”

Segundo ele, a análise de desvios é importante porque “leva à correção de planos e à revisão de metas, e também à correção de execução de planos”.

Martelanc também citou os atuais modelos de gestão empresarial. “Temos o modelo de gestão de empresas abertas, as quais possuem foco em lucro, com gerenciamento de resultados”, afirmou.

Outros modelos abordados pelo palestrante foram o modelo de grupo estável e o novo modelo, o empreendedor, que se caracteriza por empresas e indústrias “com alta carga de informalidade e personalismo.”


Enterprise Resource Planning

Imagem relacionada a matéria - Id: 1601400225

Fernando José Gonzalez, consultor do Instituto Mauá: ERP aumenta a produtividade. Foto: Everton Amaro/Fiesp

Em seguida, Fernando José Gonzalez, consultor empresarial do Instituto Mauá de Tecnologia, falou sobre Enterprise Resource Planning (ERP).

Para Gonzalez, o ERP é importante para as micros e pequenas indústrias, porque “aumenta a produtividade, eliminando interferências, com centralização e segurança de informações, e redução de despesas administrativas e controle de processos”.

Sérgio Approbato Machado Júnior, presidente do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas no Estado de São Paulo (Sescon-SP) também esteve presente ao painel.

Machado Júnior ressaltou a necessidade da informação de qualidade para as tomadas de decisão em gestão empresarial. Na sua visão, a contabilidade também é um quesito que deve ganhar atenção por parte dos empresários.


NR 12

Imagem relacionada a matéria - Id: 1601400225

Luciana Freire. Foto: Everton Amaro/Fiesp

A Norma Regulamentadora 12 (NR12) foi abordada durante o encontro. A norma, bastante criticada pelos empresários, estabelece as medidas de segurança e higiene do trabalho manutenção de máquinas e equipamentos, visando à prevenção de acidentes do trabalho.

Para Luciana Freire, gerente do Jurídico Estratégico da Fiesp, muitos microempresários estão encontrando dificuldades para se adequarem à norma. Segundo ela, as empresas não foram propriamente consultadas.

“A saída seria uma revisão da norma”, disse.