imagem google

Ministro da Defesa celebra 14 anos de parceria entre Fiesp e ESG, na abertura do Curso de Gestão de Recursos de Defesa

Desde 2006, mais de 400 pessoas já concluíram a formação destinada a civis e militares sobre conceitos e gerenciamento de recursos no âmbito da administração pública e privada

Mayara Moraes, Agência Indusnet Fiesp

Nesta segunda-feira (12/8), a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e a Escola Superior de Guerra  (ESG) comemoraram 14 anos de cooperação durante a cerimônia de lançamento do Curso de Gestão de Recursos de Defesa-edição 2019. Destinado a proporcionar conhecimento a civis e militares sobre conceitos de Defesa no Estado moderno e processos de gestão de recursos no âmbito da administração pública e da administração privada, o curso já formou mais de 400 estagiários desde que passou a ser realizado na sede da Fiesp, em 2006.

A nova edição conta com uma turma de 40 pessoas com diversas formações civis e militares que cumprirão uma carga horária total de 160 horas destinadas a atividades de estudos sobre Poder Nacional, Relações Internacionais, Políticas e Gestão dos Recursos Públicos, e visitas a instalações de centros de inovação e empreendedorismo como o Parque Tecnológico de São José dos Campos, a Avibras e a Embraer.

O ministro da Defesa, general de Exército Fernando Azevedo e Silva, participou da cerimônia de abertura do Curso de Gestão de Recursos de Defesa, e exaltou a parceria com a Fiesp e o apoio oferecido pela entidade.

“Estou ganhando um dia por visitar o sempre atuante e participante presidente Paulo Skaf e agradecer pessoalmente esse intercâmbio das Forças Armadas e a Fiesp, uma das principais finalidades da Escola Superior de Guerra é a integração da mentalidade de Defesa, por isso fico feliz de ver aqui civis de vários segmentos”, disse o general à plateia composta por militares, diretores da Fiesp e estagiários. “Nós precisamos que vocês conheçam, que vocês entendam e que vocês critiquem um setor tão importante como este. Não existe um país grande que não tenha um sistema de Defesa forte”, acrescentou o ministro.

Segundo ele, o papel desenvolvido pela Fiesp e o seu departamento de Defesa e Segurança é imprescindível para o fortalecimento do segmento em todo o Brasil. “A base industrial de Defesa está consolidada, mas nas regiões Sul e Sudeste. O Departamento de Segurança e Defesa da Fiesp é muito importante para nós, então vim fazer palestra e aproveitei para prestigiar o estágio de vocês”, destacou a autoridade fazendo referência à sua participação na reunião plenária do Departamento da entidade e na reunião de diretoria da Federação.

O presidente da Fiesp, Paulo Skaf, aplaudiu a diversidade de setores representados na turma de 2019 e enalteceu a participação do ministro durante a cerimônia. “Vemos aqui analistas de sistema, matemáticos, militares, advogados, engenheiros, economistas, delegados da Polícia Federal, administradores, jornalistas, professores, assessores parlamentares, ou seja, temos uma verdadeira representação da sociedade”, disse Skaf. “A gentil presença do ministro da Defesa na cerimônia de hoje é o sinal mais forte de que ele respeita e prestigia os setores produtivos brasileiros de São Paulo e do Brasil”, observou.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1569098897

O ministro da Defesa, general de Exército Fernando Azevedo e Silva, participou da cerimônia de abertura do Curso de Gestão de Recursos de Defesa, que se realiza em parceria com a Fiesp. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp