imagem google

Michel Temer visita a Fiesp para palestra a jovens empreendedores

Vice-presidente da República é saudado por Paulo Skaf, presidente da Fiesp: "É uma honra receber um grande líder do nosso país"

Juan Saavedra, Agência Indusnet Fiesp

Em visita à Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), na noite desta quinta-feira (17/05), o vice-presidente do Brasil, Michel Temer, destacou as medidas do governo federal para combater a miséria e a desindustrialização.
 


 

“Ainda temos 16 milhões na miséria. E o plano não é apenas tirá-los, mas levá-los para o mercado consumidor. Para a indústria, o governo vem tomando providências. O Plano Brasil Maior é uma tentativa de incrementar a indústria nacional”, afirmou durante palestra ao Comitê de Jovens Empreendedores (CJE) da Fiesp e ao Núcleo de Jovens Empreendedores (NJE) do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp).

Imagem relacionada a matéria - Id: 1600910771

Da esq. p/ dir: Pierre Ziade, diretor-titular-adjunto do CJE; Sylvio Gomide, diretor-titular do CJE; Paulo Skaf, presidente da Fiesp; Michel Temer, vice-presidente da República; Carlos Eduardo Moreira Ferreira, presidente emérito da Fiesp; Tom Coelho, diretor-titular do NJE; e Kinji Yamamoto, diretor-titular-adjunto do NJE.




Como exemplo, Temer citou uma recente visita à Coréia do Sul, onde disse ter recebido elogios do presidente da indústria automotiva Hyundai à política brasileira de incentivar o investimento da montadoras estrangeiras para preservar os empregos brasileiros. “A Hyundai está construindo uma fábrica em Piracicaba (SP)”.

Ao chegar para a palestra, Temer foi saudado pelo presidente da Fiesp, Paulo Skaf. “Conheço Michel Temer há muito tempo. E hoje, ele é o nosso vice-presidente da República e mantém a mesma simplicidade, o mesmo equilíbrio e a mesma serenidade”, afirmou Skaf. “Esses jovens têm curiosidade em saber como foi sua trajetória”.

Temer agradeceu os elogios e deu início à palestra falando sobre vida desde a juventude, no pequeno município de Tietê (SP), onde nasceu. “Queria aprender piano e meu pai me colocou para aprender datilografia”, disse, arrancando gargalhadas.

O vice-presidente da República relatou o início de sua carreira universitária e profissional, sua passagem pela procuradoria-geral de São Paulo e o convite que recebeu do governador Franco Montoro, em 1984, para assumir a secretaria de Segurança Pública de São Paulo, cargo que voltou a ocupar no início dos anos 90, e sua trajetória política que o levou a ser eleito deputado federal seis vezes – em três dos mandatos exerceu a presidência da Câmara dos Deputados.

Currículo

Além de vice-presidente da República (mandato 2011-2014), Michel Temer é presidente do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), ex-presidente da Câmara dos Deputados (em 1997, 1999 e 2009). Em 2009, foi apontado pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (DIAP) como parlamentar mais influente do Congresso Nacional. Doutor em Direito pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) de São Paulo, Temer é considerado um dos maiores constitucionalistas do país.