imagem google

Medalhistas do Senai-SP no WorldSkills 2013 são homenageados na Fiesp

Estudantes foram recebidos nesta segunda-feira (15/07) pelo presidente do Senai-SP e da Fiesp, Paulo Skaf

Isabela Barros, Agência Indusnet Fiesp

Os alunos do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de São Paulo (Senai-SP) premiados no WorldSkills 2013, realizado em Leipzig, Alemanha, entre os dias 02 e 07 de julho, foram recebidos nesta segunda-feira (15/07) pelo presidente do Senai-SP e da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, na sede da entidade.

Os cumprimentos são merecidos: os 16 estudantes da instituição que competiram no campeonato, o maior torneio de ensino profissionalizante do mundo, voltaram para o Brasil com sete medalhas. Dessas, duas foram de ouro, quatro de prata e uma de bronze. Ao todo, os 41 integrantes da delegação brasileira na disputa conquistaram 12 medalhas.

Além de parabenizar os jovens pelas conquistas, Skaf lembrou que a próxima edição do evento será realizada em São Paulo, em 2015. E destacou o trabalho de professores e treinadores do Senai-SP envolvidos no treinamento dos campeões. “Vocês fazem o dia a dia do Senai-SP”, disse Skaf.

“Não adianta nada ter tecnologia e boas instalações sem o trabalho de vocês”, elogiou.

Skaf e os alunos do Senai-SP que participaram do WorldSkills na Alemanha: tecnologia, inovação e educação. Foto: Julia Moraes/Fiesp

Skaf e os alunos do Senai-SP que participaram do WorldSkills 2013: reconhecimento. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp


De acordo com o presidente da Fiesp e do Senai-SP, vencer uma competição do porte do WorldSkills exige muita dedicação. “Vocês mostraram que o Brasil tem tecnologia, inovação e educação.”

Também presente ao evento, o diretor regional do Senai-SP, Walter Vicioni, disse que o empenho dos alunos na disputa o emocionou. “Estão todos de parabéns.”

Diretor técnico do Senai-SP, Ricardo Terra lembrou a importância dos investimentos da instituição em tecnologia. “O Senai-SP é uma referência para o mundo. Estamos transformando as nossas escolas em centros de tecnologia.”

Nessa linha, o gerente regional do Senai-SP, José Carlos Dalfrè, destacou que o bom desempenho na Alemanha está ligado ao cuidado com  as unidades da rede. “Isso é fruto dos investimentos feitos nas nossas escolas”, disse.

Medalha de prata no WorldSkills na categoria joalheria, a aluna Renata Santos afirmou que, “depois do pódio”, a melhor parte da competição ficou por conta da ótima infraestrutura oferecida pelos Senai-SP aos alunos. Isso além do clima de cooperação e companheirismo entre os integrantes do grupo. “Ninguém tem a energia e a harmonia que a equipe do Senai-SP tem”, disse.