imagem google

MCTI realiza chamada pública para desenvolvimento de parques tecnológicos em evento na Fiesp

O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) Marcos Pontes apresentou projeto que vai receber investimento de R$ 180 milhões

Núcleo de comunicação Senai-SP

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) realizou nesta segunda-feira (13/12), evento de lançamento de chamada pública para a retomada e incremento de parques tecnológicos do Brasil, na sede da Fiesp, em São Paulo. O encontro contou com a participação do ministro do MCTI, o astronauta Marcos Pontes, e de lideranças do Ministério, que anunciaram o investimento de R$ 180 milhões no projeto.  

A abertura do evento foi conduzida por Ricardo Terra, diretor regional do Senai-SP. “A chamada pública do MCTI e da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) – órgão pertencente ao MCTI – destina recursos do Fundo Nacional para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Fndct) especificamente para fomentar parques tecnológicos em operação e em implementação no Brasil”, pontua.  

José Gontijo, diretor de Ciência, tecnologia e Inovação Digital do MCTI, explicou qual o papel dos parques tecnológicos: “incentivar e apoiar as startups, incubação de novos negócios liderados pela inovação, promover o ambiente inovador e aberto ao investimento, estimular a parceria e interação entre empresas e ICTs, ter vínculos formais e operacionais com centros de inovação – buscando formar essa tripla hélice entre governo, pesquisador e empresa –, e sinergia para criação de conhecimento e riqueza, transformando ‘paper em nota fiscal’, como o ministro gosta sempre de dizer”. 

Gontijo completa que, até 2014, todos os Parques Tecnológicos atuaram na área de Tecnologia da Informação, mas, em 2021, teve um crescimento muito grande na área de Biotecnologia, pela necessidade do país investir mais por conta da pandemia Covid-19.         

Imagem relacionada a matéria - Id: 1656706139

O evento contou com a presença do diretor regional do Senai-SP, Ricardo Terra, diretor de Ciência, Tecnologia e Inovação Digital do MCTI, José Gontijo, secretária de Articulação e Promoção da Ciência do MCTI, Christiane Corrêa, do ministro do MCTI, astronauta Marcos Pontes, e de lideranças do ministério e da Finep. Fotos: Karim Kahn/Fiesp

O diretor Científico e Tecnológico da Finep, Marcelo Bortolini, falou aos presentes sobre a atuação da instituição, que já atendeu 59 ações de fomento de 2002 a 2020. “Na última década, o total de recursos destinados aos projetos de Parques Tecnológicos foi de R$ 169,3 milhões. Só essa chamada que estamos lançando hoje equivale a um valor maior do que foi investido nos últimos dez anos”, afirmou. 

Serão R$ 180 milhões, dos quais R$ 100 milhões são destinados aos parques tecnológicos operacionais, que são aqueles que abrigam cinco ou mais empresas, e R$ 80 milhões para projetos em fase de implementação. A última chamada pública para parques tecnológicos foi realizada em 2013.  

O ministro Marcos Pontes ressaltou a importância da retomada de investimentos. “Estamos tirando do papel ações que estavam paradas há muito tempo,” explicou. “Os parques tecnológicos do Brasil são polos de inovação que geram conhecimento e transformam a pesquisa científica em riqueza, empregos e nota fiscal”, disse ele. O ministro ressaltou ainda que a realização do evento na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo, uma das principais instituições representativas do setor privado no Brasil, “simboliza o esforço do governo federal por meio do MCTI de se aproximar do setor produtivo e aprimorar o ecossistema de inovação no País”. 

Quer saber mais sobre essa chamada pública para o fomento de parques tecnológicos? Acesse: finep.gov.br.