imagem google

Manifesto é destaque na imprensa

Principais veículos do país noticiaram ato a favor da produção e do emprego

Imagem relacionada a matéria - Id: 1561473679

Equipes de reportagem cobriram o Grito de Alerta realizado na Assembleia Legislativa de SP


Dezenas de veículos da imprensa, entre jornais, rádio, TV e mídia online acompanharam na manhã desta quarta-feira (04/04), em São Paulo, o Grito de Alerta, manifesto a favor da produção e do emprego, iniciativa organizada por centrais sindicais e entidades patronais com apoio da Fiesp e do Ciesp.

A GloboNews cobriu o evento com flashes ao vivo desde a concentração no edifício-sede da Fiesp, na Avenida Paulista, ao local da manifestação, na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), com destaque para a entrevista do presidente da Fiesp e do Ciesp, Paulo Skaf.  “O que nós esperamos são medidas realmente efetivas para recuperar a competitividade do país, do Brasil, não é um problema da indústria, não é um problema da porta para dentro das fábricas. É um problema conjuntural”, destacou Skaf em VT exibido pela GloboNews.

Com chamada na página inicial, a Folha Online ressaltou a união dos trabalhadores e empresários contra a desindustrialização. “O protesto acontece no dia seguinte ao anúncio pelo governo de medidas para estimular a produção da indústria brasileira, em um pacote estimado em R$ 60 bilhões em renúncia fiscal do governo somente neste ano”.

Agência Estado deu ênfase à comitiva de mil industriais que saiu da sede da Fiesp em direção à Alesp para a manifestação. A matéria detalhou ainda que Paulo Skaf pediu aos governadores que se unam aos esforços do governo federal e reduzam as alíquotas de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) a fim de estimular a produção industrial.

O site do jornal O Globo repercute entrevista de Skaf sobre o pacote de medidas de estímulo à competitividade da indústria. “Ajudou, mas não resolve os nossos principais problemas que são os juros e o câmbio”, assinala o presidente da Fiesp no texto publicado pelo site.

Acompanharam o evento equipes de reportagem dos jornais Valor Econômico, Folha de São Paulo, Estado de S. Paulo, O Globo, Agora São Paulo, das emissoras TV Globo, TV Record, SBT, Cultura, Rede TV, TV Brasil e Gazeta; das agências Reuters, EFE, Estado e Brasil; das rádios Bandeirantes, CBN, Globo SP, Jovem Pan; e do portais G1 e iG, entre muitos outros.