imagem google

InpEV destina mais de 5.000 embalagens vazias para reciclagem

Levantamento mostra aumento de 25% do volume no primeiro bimestre do ano

Alice Assunção, Agência Indusnet Fiesp

O Instituto Nacional de Processamento de Embalagens (InpEV) encaminhou 5,3 mil embalagens para a reciclagem no primeiro bimestre de 2011, volume 25% maior em relação ao mesmo período de 2010, de acordo com levantamento feito pela entidade.

Criado a partir da iniciativa da indústria em 2001 para dar um destino ambientalmente correto a embalagens de defensivos agrícolas, o InpEV é um dos casos bem-sucedidos de logística reversa do País. Tema que será debatido durante a XIII Semana Fiesp/Ciesp de Meio Ambiente, a se realizar de 6 a 8 de junho na sede das entidades.

O instituto é responsável por enviar mais de 90% das embalagens para reciclagem.

A pesquisa ainda revelou que 12 estados brasileiros mostraram crescimento no volume de embalagens destinadas, na comparação com o mesmo período de 2010.

Mato Grosso liderou o ranking com 1,29 mil toneladas; Rio Grande do Sul ficou em segundo lugar com 664 toneladas; Goiás em terceiro com 617 toneladas; Minas Gerais com 521 toneladas; Mato Grosso do Sul, 402 toneladas; e Bahia com 395 toneladas. Esses estados respondem por 73% do volume total destinado em todo o País.

Leia mais:

Acompanhe a Semana do Meio Ambiente no Twitter!