imagem google

IBGE divulga resultado do PIB no 3º trimestre: crescimento é de 0,6% em relação ao 2º tri de 2012

Maior destaque, segundo IBGE, foi a agropecuária, que cresceu 2,5%, seguida da indústria (1,1%) comparado ao trimestre anterior. Indústria apresenta queda na comparação com período equivalente em 2011

Agência Indusnet Fiesp com informações do site do IBGE

Imagem relacionada a matéria - Id: 1620732961

Rebeca Palis, gerente de Contas Nacionais do IBGE. Foto: Divulgação/Site do IBGE

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou na manhã desta sexta-feira (30/11) o Produto Interno Bruto (PIB) do terceiro trimestre.

O crescimento é de 0,6% na série com ajuste sazonal em relação ao segundo trimestre de 2012.

O maior destaque foi a agropecuária, que cresceu 2,5%, seguida da indústria (1,1%). Os serviços tiveram variação nula.

Na comparação com o terceiro trimestre de 2011, o PIB cresceu 0,9% e, dentre as atividades econômicas, destacaram-se o aumento da agropecuária (3,6%) e o dos serviços (1,4%). Já a indústria caiu 0,9%.

“A indústria continua caindo nesse trimestre comparado com o ano passado, mas já comparado com o segundo trimestre, identificamos uma melhora. As taxas da indústria de transformação continuam caindo, mas caindo menos”, analisou Rebeca Palis, gerente de Contas Nacionais do IBGE.

De acordo com Rebeca Palis, de positivo houve o crescimento do consumo das famílias a partir de incentivos do governo aos bens duráveis, principalmente a isenção de IPI para linha branca e automóveis.

“Negativamente, foram os investimentos, queda de 2% em relação ao segundo semestre E isso foi gerado pela queda da produção de máquinas e equipamentos pela queda da importação de máquinas e equipamentos”, analisou a gerente de Contas Nacionais do IBGE.

No acumulado nos quatro trimestres terminados em setembro de 2012, o crescimento foi de 0,9% em relação aos quatro trimestres imediatamente anteriores, enquanto que no acumulado dos três primeiros trimestres de 2012, o PIB cresceu 0,7% em relação à igual período de 2011. O PIB em valores correntes alcançou R$ 1.098,3 bilhões.

A publicação completa da pesquisa pode ser acessada no site do IBGE.