imagem google

Holanda oferece vantagens competitivas para empresas brasileiras de saúde, diz secretário de província do país

Empresas estrangeiras do setor podem usufruir de benefícios para investimentos, afirma secretário do governo da província holandesa de Brabant em reunião na Fiesp

Guilherme Abati, Agência Indusnet Fiesp

Imagem relacionada a matéria - Id: 1585991039

Bert Pauli. Foto: Everton Amaro/Fiesp

Em visita à Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), nesta segunda-feira (08/04), o secretário para economia e assuntos internacionais do governo da província holandesa de Brabant, Bert Pauli, e outros integrantes de sua comitiva, sublinharam os principais motivos que fazem de seu país, segundo eles, uma grande oportunidade para investimentos de empresas brasileiras da área de saúde e ciência médica.

O objetivo da visita é atrair empresas de grande, médio e pequeno porte para investir especificamente em Brabant, região ao sul dos Países Baixos que concentra grandes e importantes centros de pesquisa e desenvolvimento do setor.

“As empresas brasileiras tornam-se cada dia mais globais. Queremos fazer parte desse crescimento e atrair investimentos para a Holanda. O potencial é enorme. Brabant é o local perfeito para investimentos de empresas de ciência médica. Nosso objetivo é criar interação benéfica entre as duas nações”, disse Pauli.

“Há grandes vantagens para empresas que pensam em investir na Holanda. A economia é forte, o ambiente fiscal é favorável e a localização geográfica é invejável”, acrescentou Egbert Hartsema, membro da delegação.

“A Holanda proporciona um pacote interessante para empresas e possui um ambiente favorável para os negócios. Somos os mestres da logística e oferecemos estrutura e benefícios como nenhum outro país da Europa para empresas estrangeiras se instalarem”, afirmou Matthijs van Miltenburg, gerente de investimentos estrangeiros, também membro da delegação.

“Brabant está ao lado de grandes centros de inovação e de faculdades de ponta como o Technical Unniversity of Eindhoven, instituição líder em inovação e tecnologia médica. As empresas brasileiras têm muito com o que se beneficiar na Holanda”, finalizou o secretário.

A mesa redonda foi realizada a convite do Comitê da Cadeia Produtiva da Bioindústria (BioBrasil) da Fiesp.