imagem google

‘Grande Sacada’: atletas do vôlei almoçam na casa de alunos do Sesi-SP

Atletas da equipe feminina participaram de atividades em Cajamar; jogadores do time masculino foram a Cerquilho

Agência Indusnet Fiesp, com informações de Caio Lopes, de Cajamar

Um dia inesquecível. Assim foi a manhã e a tarde deste sábado (23/11) para jovens alunos do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) dos municípios de Cajamar e Cerquilho. Ao lado de atletas e comissão técnica das equipes de vôlei do Sesi-SP, do novo formato do programa “Grande Sacada”.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1575581942

Fabiana Claudino almoçando com aluno do Sesi-SP. Foto: Caio Lopes/Fiesp


Uma das novidades do programa, que inclui clínicas e treinos conjuntos, é o aumento da interação entre atletas e alunos – sete de cada equipe visitaram a casa de sete estudantes para almoçar com eles e suas famílias.

Foi o caso da bicampeã olímpica Fabiana Claudino. Eleita a melhor jogadora da Copa dos Campeões, torneio realizado na semana anterior no Japão, a central do Sesi-SP almoçou na casa do aluno Henrique de Oliveira, em Cajamar, município a pouco mais de 40 kms da capital.

“Esse projeto que o Sesi-SP tem com as crianças é superlegal. É uma inspiração e um exemplo. Mais importante de tudo é a criança praticar esporte, independente de ser vôlei. É fazer uma atividade. Ela aprende a ter respeito, aprende a conviver, a lidar com o grupo. E o Sesi-SP proporciona isso”, disse a capitã do Sesi-SP.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1575581942

José Montanaro pediu a alunos que valorizem a escola. Foto: Caio Lopes/Fiesp

“Esse momento de estar na casa da família do Henrique foi maravilhoso. Fiquei 15 dias no Japão e cheguei no lugar certo para poder comer. Só tenho a agradecer à família por tudo e pelo almoço, por essa estadia. Estou me sentindo em casa”, completou Fabiana, elogiando o Sesi-SP por proporcionar essa experiência para a criança. “Eu me coloco no lugar dele.”

Seguindo a proposta do novo formato do “Grande Sacada”, atletas do time sub-21 do Sesi-SP permaneceram na escola e fizeram uma refeição com a turma dos alunos matriculados no esporte escolar.

De acordo com Talmo de Oliveira, técnico do vôlei feminino, o mais importante da iniciativa é deixar um legado que extrapola as linhas da quadra. “Esse projeto do Sesi-SP é fantástico. Primeiro porque você consegue trazer o aluno, o atleta, a família, para dentro de um universo como o esporte de rendimento que, talvez, muitas vezes, eles achem muito distante”, afirmou o treinador, campeão olímpico como jogador em Barcelona-1992.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1575581942

Sandro no Grande Sacada. Foto: Divulgação

Segundo ele, possibilitar a experiência de almoçar juntos é um diferencial. “O brilho no olho acontece, mesmo! O feedback dos pais é muito positivo. Como diz o professor Walter [Vicioni, superintendente do Sesi-SP], a pedagogia do exemplo é fundamental. E o Sesi-SP em todas as categorias está comprando essa ideia. Essa ideia está dentro do coração de cada um.”

Também em Cajamar, o gestor do vôlei, José Montanaro, fez um discurso de abertura em que relembrou seus tempos de jovem interessado em esporte. “Comecei em uma quadra escolar, não numa escola tão linda como essa, mas tinha professores que me incentivavam muito.”

“Valorizem muito a escola. Tudo na vida da gente começa com o apoio dos pais e na escola”, ressaltou.

Em Cerquilho, a aproximadamente 143 kms da capital, a comissão técnica e o time masculino também participaram de atividades com 180 alunos do Sesi-SP. O objetivo foi motivar a prática da modalidade e passando os valores do esporte aos alunos do Sesi-SP. Entre os participantes, o técnico Marcos Pacheco e atletas como Murilo, Mão, Sandro, Serginho, Rogério, Lucianinho, Ary, Aracaju, entre outros.

A família da aluna Tailini, do 9° ano do Centro Educacional 428, chegou a confeccionar uma faixa para receber o jogador Tiago Wezs, o Mão. Ao final do almoço, Tailini revelou que o jogador admitiu ter adorado a comida de sua mãe e que nunca havia sido tão bem recebido assim em toda a sua vida.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1575581942

Marcos Pacheco e atletas orientam alunos do Sesi-SP. Foto: Henrique Modenesi/Sesi-SP