imagem google

Governo precisa criar discursos para falar sobre a Reforma da Previdência

Avaliação foi feita durante reunião conjunta do Conjur e Cort na Fiesp

Cristina Carvalho, Agência Indusnet Fiesp

O gasto com aposentadoria no Brasil é um dos mais altos do mundo, comprometendo 13% do seu PIB, segundo destacou Helio Zylberstajn, integrante do Conselho Superior de Relações do Trabalho (Cort) da Fiesp e professor sênior da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Atuária (FEA) da Universidade de São Paulo (USP). A avaliação foi feita durante reunião do Conselho Superior de Assuntos Jurídicos e Legislativos (Conjur) na sede da federação nesta segunda-feira (25/3).

Para Zylberstajn, há uma batalha de comunicação quando o assunto é a Reforma da Previdência, tema que foi destaque nesta reunião. “Há uma batalha da comunicação. O governo precisa de diversos discursos para diversos públicos que vão passar pela reforma. Os atuais trabalhadores vão ser afetados. É preciso franqueza para falar com eles. O maior impacto será no tempo de contribuição”, observou.

A reunião deste mês do Conjur foi realizada em conjunto com o Cort, com a presença de Rafael Cervone Netto, 3º vice-presidente da Fiesp e vice-presidente do Instituto Roberto Simonsen (IRS), do ministro Sydney Sanches, presidente do Conjur, e do ex-ministro Roberto Della Manna, à frente do Cort.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1571747708

Em reunião conjunta do Conjur e Cort, debate sobre Reforma da Previdência com Helio Zyberstajn. Foto:Ayrton Vignola/Fiesp