imagem google

Finlandeses discutem integração externa, produtos transgênicos e educação na Fiesp

Diretor de Comércio Exterior da federação se reuniu mais de dez representantes da Finlândia na manhã desta segunda-feira (27/01)

Alice Assunção, Agência Indusnet Fiesp

A integração do Brasil e do Mercosul com os mercados da União Europeia e dos Estados Unidos foi um dos principais temas da reunião entre representantes da indústria paulista e membros do parlamento finlandês na manhã desta segunda-feira (27/01).

Durante o encontro com membros do Comitê de Relações Exteriores do Parlamento, cônsul e embaixador da Finlândia, o diretor-titular do Departamento de Relações Internacionais e Comércio Exterior (Derex) da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Thomaz Zanotto, afirmou que “para que a indústria e a economia brasileiras sejam competitivas de novo, temos que tentar alcançar acordos com países da Europa e também com os Estados Unidos”.

Zanotto apresentou a Agenda de Integração Externa, um documento enviado à Brasília em meados do ano passado com a posição da Fiesp sobre a relações econômicas internacionais do Brasil. “O Brasil deveria se engajar mais em acordos regionais de comércio. Temos pressionado o governo nesse aspecto”, afirmou Zanotto.

A reunião com os finlandeses na Fiesp nesta segunda-feira (27/01): mais acordos  Foto: Everton Amaro/Fiesp

A reunião com os finlandeses na Fiesp nesta segunda-feira (27/01): mais acordos Foto: Everton Amaro/Fiesp


Os empresários também questionaram a posição da entidade sobre o cultivo de alimentos transgênicos e sobre a  educação no país.  Segundo o diretor do Derex, “a maior barreira que o Brasil precisa ultrapassar é a da qualidade da educação”.

O presidente do Comitê de Relações Exteriores do Parlamento finlandês, Timo Soini, o embaixador da Finlândia no Brasil, Jari Luoto, e a cônsul-geral honorária da Finlândia em São Paulo, Jan Jarne, participaram da reunião.