imagem google

Fiesp participa de seminário internacional em Roma

Copa de 2014 e Olimpíada de 2016 foram os assuntos centrais do seminário

Agência Indusnet Fiesp

Imagem relacionada a matéria - Id: 1643144451

José Carlos de Oliveira Lima, Diretor do Deconcic da Fiesp, fala para mais de 200 pessoas durante seminário em Roma



O diretor do Departamento da Indústria da Construção (Deconcic) da Fiesp, José Carlos de Oliveira Lima, participou nesta terça-feira (18) do Seminário Internacional Made Italy for Sport, promovido pelo Instituto Italiano para Comércio Exterior (ICE), em Roma, na Itália.

O seminário integra o projeto “Italy for Sport”, que tem como objetivo a promoção de encontros de negócios entre empresas italianas e empresas envolvidas na organização de grandes eventos esportivos, como Copa e Olimpíadas.

Durante palestra, Oliveira Lima falou sobre a importância da Cadeia Produtiva da Indústria da Construção do País dentro do cenário de oportunidades de negócios e investimentos internacionais.

O dirigente da Fiesp ressaltou que os eventos esportivos programados para essa década tornam o País um celeiro de oportunidades e negócios: “O Brasil encontra-se em momento muito favorável, com estabilidade política, econômica e financeira”.

No entanto, o diretor da Fiesp ressaltou a necessidade de o País melhorar sua infraestrutura para receber os próximos eventos esportivos, fato este encarado como oportunidade para o desenvolvimento de novos negócios para os empresários brasileiros e italianos.

Oliveira Lima destacou dados do último ConstruBusiness, que apontam para a necessidade de investimento de cerca de R$ 3 trilhões em infraestrutura, para os próximos doze anos. “Queremos que os investimentos ultrapassem os grandes eventos esportivos sediados pelo Brasil”, explicou.

Participação do público

Com interesse direto na abertura de novos negócios, representantes do Deconcic/Fiesp atenderam durante o evento a mais de 60 empresas e prestadores de serviços.

Na parte da tarde, houve amplo debate entre os participantes e a comitiva brasileira. Entre as principais perguntas destacaram-se aquelas relacionadas aos mecanismos de entrada nos negócios brasileiros, com foco direto nas joint-ventures, parcerias, aquisições e fusões.

No final do seminário, Oliveira Lima propôs a realização de uma Missão Empresarial Italia-Brasil, a ser realizada no Brasil, em março (Feicon/Batimat), sob a coordenação da Fiesp. “Pretendemos com essa ação evoluir em novas ações e parcerias estratégias entre os dois Países”, concluiu o dirigente.