imagem google

Fiesp debate liberação de tratamentos, medicamentos e próteses com ações judiciais

O evento acontece em 15 de outubro e contará com a participação de autoridades e de especialistas dos segmentos jurídico e da saúde.

Agência Indusnet Fiesp 

A lei brasileira garante o acesso do cidadão aos serviços de saúde, ofertados a partir de critérios clínicos e financeiros. Ao sentir-se desassistido, por não receber o medicamento, tratamento ou prótese pretendidos, o cidadão aciona a justiça para obrigar o prestador – público ou privado – a entregá-lo, estabelecendo-se assim, a “judicialização da saúde”. Disputas cujos desfechos ideais dependem de informações especializadas disponíveis para todos os envolvidos, magistrados e prestadores de serviços.

Com o objetivo de contribuir para a redução dos conflitos entre consumidores e prestadores de serviços, o Comitê da Saúde da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Comsaúde/Fiesp) realizará o Fórum Judicialização da Saúde, em parceria com a Associação Paulista de Medicina (APM), em 15 de outubro, na sede da entidade, das 14h às 18h.

O encontro analisará as propostas de melhoria para a saúde no Brasil feitas durante o primeiro seminário realizado pela entidade, em 2012. “Nossa intenção não é julgar quem está certo ou errado. Vamos discutir o melhor caminho para avaliar corretamente uma ação judicial. Por exemplo, se o juiz tiver mais informações no processo, como os reais motivos por que um paciente precisa de uma prótese urgente, bem como mais sugestões de valores e médicos, certamente seu olhar será mais preciso e seu julgamento mais correto. Já há casos com esse foco, que contam com a ajuda de núcleos de entidades da saúde e que trabalham para melhorar as informações de cada causa”, afirma o coordenador-titular do Comsaúde, Ruy Baumer.

O evento contará com a participação de autoridades e de especialistas dos segmentos jurídico e da saúde.

Clique aqui e confira a programação do Fórum.

Serviço
Fórum Judicialização da Saúde
Data e horário: 15 de outubro, terça-feira, às 13h30
Local: Edifício-sede da Fiesp (Avenida Paulista, 1313, Cerqueira César – São Paulo – SP)