imagem google

Fiesp apoia aplicação de 100% dos recursos dos royalties do petróleo do pré-sal para a educação

Para Paulo Skaf, ninguém pode ser contra algo que “faça o Brasil crescer mais e que dê as mesmas oportunidades a todos os brasileiros”

Nota oficial

Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp)
Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp)

A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) apoia a decisão da presidente Dilma Rousseff de editar uma Medida Provisória que destina para a educação 100% dos royalties de estados e municípios provenientes de contratos futuros de exploração de petróleo. }

Além de desenvolver fortemente a educação e, por consequência, a economia brasileira, a medida evitará que tais recursos sejam despendidos em custeio (gastos correntes).

“O Brasil precisa universalizar o atendimento de creches e construir um sistema de educação em tempo integral que proporcione educação de qualidade a todos os brasileiros. Sempre digo que a educação é a forma de se dar oportunidades iguais às pessoas. O direcionamento dos royalties exclusivamente à educação trará também maior crescimento econômico. Ninguém pode ser contra algo que faça o Brasil crescer mais e que dê as mesmas oportunidades a todos os brasileiros”, diz Paulo Skaf, presidente da Fiesp.