imagem google

‘Festemp representa uma oportunidade única para os jovens empreendedores’, diz diretor da Fiesp

Sylvio Gomide destaca a realização de atividades como o Acelera Startup no Festival de Empreendedorismo realizado pela federação e pelo Senai-SP nos dias 25 e 26 de setembro no Pavilhão de Exposições Parque do Anhembi

Isabela Barros, Agência Indusnet Fiesp

Disposto a “mergulhar” no Pavilhão de Exposições Parque do Anhembi, na capital paulista, nos dias 25 e 26 de setembro, o diretor titular do Comitê de Jovens Empreendedores (CJE) da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Sylvio Gomide, não vê a hora de o Festival de Empreendedorismo (Festemp) chegar. Iniciativa da Fiesp e do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de São Paulo (Senai-SP), o evento  terá palestras e atividades diversas voltadas para a educação empreendedora, como programas de capacitação, rodadas de negócios e debates.

De acordo com Gomide, o Festemp representa uma oportunidade única para os jovens empreendedores. E isso principalmente por meio de atividades como o Acelera Startup. Do que se trata? De uma ação em uma chamada “arena de aceleração” a fim de selecionar os 300 melhores projetos de negócios. Após quatro fases de educação e capacitação, os inscritos com as dez melhores ideias terão a chance de apresentar o seu negócio a uma banca de investidores. “Recebemos em torno de mil projetos para o Acelera”, diz.

Além disso, explica o titular do CJE/Fiesp, os empreendedores receberão mentoria (orientação) por um time formado por alguns dos maiores empresários brasileiros, o que inclui o próprio presidente da Fiesp, Paulo Skaf.

Gomide: “Vamos desmistificar a Fiesp”, diz diretor titular do CJE na federação. Foto: Julia Moraes/Fiesp

Sylvio Gomide: “Vamos desmistificar a Fiesp”, diz diretor titular do CJE na federação. Foto: Julia Moraes/Fiesp


Segundo Gomide, na soma do potencial de investimentos dos investidores que formam a banca do Acelera, tem-se um montante de R$ 0,5 trilhão.

Outro destaque do Festemp apontado pelo diretor é o fato de o evento oferecer informação de alta qualidade, por meio das palestras com personalidades renomadas, e, ao mesmo tempo, vivências práticas. “Quem for ao Festemp vai ver tudo acontecer na prática”, anuncia.

Entre os palestrantes do evento estão nomes como o presidente do Grupo Boticário, Artur Grymbaum, o fundador do site Netshoes, Marcio Kumruian, o presidente do Linux Internacional, Jon Maddog Hall, o fundador da rede de lojas de chocolate Cacau Show, Alexandre Tadeu da Costa e a jornalista Renata Fan, primeira mulher a apresentar uma mesa redonda diária na TV aberta no Brasil. E isso para citar apenas alguns dos 53 confirmados.

Ao convidar os jovens empreendedores a participar do festival, o diretor titular do CJE lembra que não faltarão oportunidades nas salas e corredores do Pavilhão de Exposições Parque do Anhembi. “Se você tem uma ideia, vai conseguir transformá-la em realidade nesses dois dias de Festemp”, diz.

Outras atividades

O evento terá ainda ações como o Jovem Executivo, iniciativa que teve 320 inscritos. Destes, 100 candidatos foram selecionados na primeira fase online, sendo que 30 foram escolhidos durante uma maratona de coach e treinamentos, com o apoio da Arezza, na Fiesp. O prêmio? A oportunidade de ser entrevistado por alguns dos 100 maiores representantes de Recursos Humanos das empresas e participar de palestras exclusivas durante o Festival.

Já o Hackathon, que tem o apoio da Intel, teve 150 inscritos e, destes, 100 participarão de uma maratona de 15 horas reunindo programadores, designers e demais profissionais ligados à tecnologia da informação a fim de criar um aplicativo gratuito de apoio aos empreendedores. Para o primeiro lugar, a Faculdade de Tecnologia da Informação (FIAP) oferecerá um “VIP Pass”  (bolsa de estudos vitalícia) para qualquer curso e em qualquer ano, desde que a pessoa passe no vestibular. Os participantes que apresentarem a melhor solução móvel terão ainda como benefícios a divulgação do aplicativo criado no Hackathon pelos parceiros da Fiesp, a divulgação de aplicativos Android previamente desenvolvidos pelos membros da equipe, contato com Investidores, cursos da Impacta (com vales de R$ 1.000,00) e passes para a CampusParty, entre outros mimos.

Há ainda o Happy Business, que teve 826 inscritos, sendo 200 os vencedores para participar de uma festa com a presença de grandes empreendedores, empresários e investidores. O objetivo é confraternizar no momento final do Festival e propor redes de networking aos convidados. Para concorrer à entrada, bastava responder a pergunta “Por que devo ser selecionado (a) para o Happy Business?” O evento é exclusivo para aqueles que forem selecionados pelo site.

O Festival reunirá startups, empreendedores, executivos, universitários, free lancers e pesquisadores. O foco é a formação de novos líderes, além de refletir sobre a cultura empreendedora. Quem quiser apenas assistir à programação pode se inscrever gratuitamente inclusive nos dias do evento. Para saber mais, acesse: www.festemp.com.br.