imagem google

Escola Superior de Guerra e Fiesp realizam cerimônia de abertura do curso de gestão de recursos da defesa

Evento reuniu autoridades e alunos que vão formar a 8ª turma do curso na tarde desta terça-feira (10/09)

Ariett Gouveia, Agência Indusnet Fiesp

Foi realizada nesta terça-feira (10/09), a abertura da 8ª edição do curso de gestão de recursos da defesa, uma parceria entre a Escola Superior de Guerra (Esg) e a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), por meio do Departamento de Indústria de Defesa (Comdefesa) da entidade. A turma será formada por 50 estagiários.

Ferreira: “Não há como termos uma defesa decente sem uma base industrial compatível". Foto: Julia Moraes/Fiesp

Ferreira: defesa precisa de base industrial compatível para se desenvolver. Foto: Julia Moraes/Fiesp


O Almirante Eduardo Bacellar Leal Ferreira destacou a importância da união entre a indústria e a defesa. “Temos trabalhado com a Fiesp há alguns anos e tenho certeza que dessa parceria sairão excelentes frutos para o País”, afirmou. “Não há como termos uma defesa decente sem uma base industrial compatível.”

Jairo Cândido, diretor titular do Comdefesa explicou que os alunos receberão informações atualizadas de vários segmentos e temas. “Os estagiários terão a oportunidade de conhecer a realidade que o Brasil encontra nesse setor. Diante do que o Brasil não domina, não fabrica e não produz, nós não temos autonomia”, declarou o diretor, que também falou sobre as dificuldades da indústria de defesa no país.

Cândido: dificuldades do setor de defesa em debate. Foto: Julia Moraes/Fiesp

Cândido: dificuldades do setor de defesa em debate. Foto: Julia Moraes/Fiesp

Também estiveram presentes no evento o Tenente Brigadeiro do Ar, Aprígio Eduardo de Moura Azevedo; o Tenente Brigadeiro do Ar e Diretor do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial, Gerson Nogueira Machado de Oliveira; o General da Divisão, João Camilo Pires de Campos; o Major Brigadeiro do Ar, José Geraldo Ferreira Malta; o Vice-Almirante, Liseo Zampronio e o Contra-Almirante Márcio Magno de Farias Franco e Silva.