imagem google

Entrega de prêmios a novos talentos abre o File 2010

File Prix Lux recebeu 1.235 inscrições de 44 países e laureou 21 trabalhos, entre 90 indicados, com prêmios no total de R$ 285 mil

Agência Indusnet Fiesp,

Imagem relacionada a matéria - Id: 1642838991

Ernesto Klar, vencedor da categoria Arte Interativa (à esq.) e João Guilherme Sabino Ometto, presidente em exercício da Fiesp

Criado para valorizar os trabalhos inscritos na 11ª Feira Internacional de Linguagem Eletrônica (File), o File Prix Lux, premiação internacional criada neste ano, distribuiu R$ 285 mil para 21 artistas.

As obras foram selecionadas por um júri internacional, que elegeu os dois primeiros colocados de cada uma das três categorias existentes – Arte Interativa, Linguagem Digital e Sonoridade Eletrônica –, além de destacar 15 menções honrosas.

A entrega aos vencedores aconteceu no Teatro do Sesi São Paulo (TSSP), na noite desta segunda-feira (26), durante a abertura do File, somente para convidados.

O presidente em exercício da Fiesp, João Guilherme Sabino Ometto, abriu a cerimônia destacando a contribuição do Sesi-SP na difusão desses projetos que, por meio da tecnologia como inspiração, contemplam diversas áreas do conhecimento humano.

“A cultura digital está fundamentada na liberdade e estimula a produção intelectual no universo das comunidades virtuais. Vai da simulação à realidade, ampliando os horizontes das artes plásticas à música, passando pelo cinema, grafite e chegando até os games. Estimula o saber e propõe a reflexão”, ressaltou Ometto.

Ao final da premiação houve apresentação da performance Silent Percussion Project, de Jaime E. Oliver LR, primeiro lugar na categoria Sonoridade Eletrônica.

A primeira edição do File Prix Lux também homenageia Douglas Engelbart, responsável, entre outras coisas, pela criação do mouse, da teleconferência, das primeiras versões das bibliotecas digitais e dos processadores de texto a partir do conceito de hipertexto colocado em prática pelo sistema NLS (oNLineSystem).

Os premiados:
Categoria Arte Interativa
1º lugar
Ernesto Klar – Luzes Relacionais – Estados Unidos/ Venezuela
Galeria de Arte do Sesi
2º lugar
Kurt Hentschläger – ZEE – Estados Unidos
Espaço Fiesp de 27/7 a 8/8 – exibições a cada 30 minutos para um número máximo de 10 pessoas por sessão.

Menções Honrosas
VR/Urban: Patrick Tobias Fischer, Christian Zöllner, Thilo Hoffmann & Sebastian Piatza – SMSlingshot – Reino Unido
(File Nômade na Avenida Paulista)
Pierre Proske – Frame Seductions – França e Austrália
Galeria de Arte do Sesi
Squidsoup: Anthony Rowe, Gareth Bushell, Christopher Bennewith, Liam Birtles & Ollie Bown – Ocean of Light: Surface – Nova Zelândia, Reino Unido, Austrália e Noruega
(trabalho contemplado que não estará no Festival)
Olle Cornéer and Martin Lübcke – Public Epidemic Nº1 – Suécia
(trabalho contemplado que não estará no Festival)
The Living: David Benjamin & Soo-in Yang – Living Light – Estados Unidos (trabalho contemplado que não estará no Festival)
Categoria Linguagem Digital
1º lugar
SWAMP – Douglas Easterly, Matt Kenyon & Tiago Rorke – Tardigotchi – Nova
Galeria de Arte do Sesi
2º lugar
Multitouch Barcelona: Dani Armengol, Roger Pujol, Xavier Vilar & Pol Pla – Hi! A real human interface – Espanha (trabalho contemplado que não estará no Festival)

Menções Honrosas
Guto Nóbrega – Breathing – Brasil
Galeria de Arte do Sesi
Jeraman & Filipe Calegario – Marvin Gainsbug – Brasil
Galeria de Arte do Sesi
Jörg Piringer – abcdefghijklmnopqrstuvwxyz for iPhone – Áustria
Galeria de Arte do Sesi
Corndog & Oil Tiger Machinima Team – War of Internet Addiction – China China (Menção honrosa eleito pela votação popular)
Galeria de Arte do Sesi
André Gonçalves – Of How We Have To Leave Doubts Expectations And The Unachieved – Portugal | Portugal
(trabalho contemplado que não estará no Festival)

Categoria Sonoridade Eletrônica
1º lugar
Jaime E Oliver LR – Silent Percussion Project – Peru
Teatro do Sesi- São Paulo- dia 28/07 às 20h
2º lugar
Terminalbeach: Erich Berger & Peter Votava – Heartchamberorchestra – Finlândia
Teatro do Sesi São Paulo – dia 29/07, às 20h

Menções Honrosas
Vanderlei Lucentini – Omnibusonia Paulista – Brasil (Menção honrosa na categoria sonoridade eletrônica do File Prix Lux)
De 27/07 a 02/08 – saídas a cada 1 hora da entrada, do Centro Cultural Fiesp – Ruth Cardoso, na Avenida Paulista, 1313
Raquel Kogan – Reler – Brasil
Galeria de Arte do Sesi
Markus Decker, Dietmar Offenhuber & Ushi Reiter – From Dust Till Dawn – Áustria

Galeria de Arte do Sesi
Artificiel: Alexandre Burton & Julien Roy – POWEr – Canadá (trabalho contemplado que não estará no Festival)
Suguru Goto – netBody: Augmented Body and Virtual Body II – França (trabalho contemplado que não estará no Festival).