imagem google

Entidades analisam pesquisa sobre substituição tributária na construção na Fiesp

Reunião organizada pelo Departamento da Indústria da Construção da federação nesta sexta-feira (25/04) debateu o tema

Felipe Agne, Agência Indusnet Fiesp

Representantes de entidades da indústria da construção se reuniram na manhã desta sexta-feira (25/04) na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) com a finalidade de conhecer o resultado da pesquisa da cesta de produtos da construção civil que irão entrar no sistema de substituição tributária.

De acordo com o Departamento da Indústria da Construção (Deconcic) da Fiesp, o levantamento realizado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) incluiu as Margens de Valor Agregado (MVAs) de diversos setores da indústria da construção, considerada uma das mais complexas no sistema de Substituição Tributária.

As entidades analisarão os resultados e os percentuais apresentados serão encaminhados à Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo, em atendimento à Portaria 121/12, editada pelo órgão.

As MVAs apresentadas são analisadas e publicadas através de portaria pela Secretaria da Fazenda, atualmente com validade por dois anos. De acordo com o Deconcic, os percentuais mostrados nesta sexta-feira (25/04) praticamente não tiveram variação quando comparados à pesquisa anterior.

Observatório da Construção

Você pode acompanhar todas as notícias relacionadas ao setor de construção através da página do setor no site da Fiesp, o Observatório da Construção.

Para conhecer o espaço, só clicar aqui.